Chineses só gastam menos que times ingleses na janela de transferência

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Oscar foi recentemente anunciado no futebol chinês

    Oscar foi recentemente anunciado no futebol chinês

O mercado do futebol mundial que mais gasta no mundo com contratações fica bem longe do Brasil. Destino de muitos brasileiros nos últimos anos, a China assumirá nesta temporada o posto de segundo maior comprador de jogadores. Os chineses ficam apenas atrás da Inglaterra, que gastam mais de 1 bilhão de euros (R4 3,43 bilhões).

Até o momento os chineses já gastaram 400 milhões  de euros (R$ 1,3 bilhão) no mercado da bola. E a janela de transferências do país fecha apenas em 26 de fevereiro. O valor já superou, por exemplo, o valor investido pelos clubes do país na última temporada, quando foram gastos 398 milhões de euros na compra de jogadores.

A estimativa é de que os chineses ultrapassem os 492 milhões de euros (R$ 1,7 bilhões) gastos por times espanhóis em jogadores.

A grande expectativa sobre o mercado chinês se dá por conta das recentes e futuras contratações do futebol do país. A última grande contratação foi a de Oscar, que trocou o Chelsea pelo Shanghai Shenshua por 70,5 milhões de euros (R$ 241 milhões). Tevez também deve ajudar a engordar a quantia. O argentino pode chegar à China por um valor próximo a 80 milhões de euros (R$ 274 milhões).

Nomes conhecidos têm optado China, como o brasileiro Hulk na última temporada. Outros nomes de jogadores famosos ainda são especulados no país: Di María, Pepe e Arda Turan são desejados.

Quer receber notícias do mercado da bola  de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos