Nenê pode até sair do Vasco, mas vão ter que pagar a multa

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes/Vasco/divulgação

    Nenê cogitou a possibilidade de deixar o Vasco por conta dos filhos

    Nenê cogitou a possibilidade de deixar o Vasco por conta dos filhos

Nenê deixou no ar a vontade de ficar mais próximo de seus filhos em 2017, o que sugere uma possível transferência para o futebol de São Paulo. Mas caso algum clube queira tirar o camisa 10 de São Januário, a missão não será das mais fáceis.

Com contrato renovado ano passado até o fim de 2018, o Vasco estipulou uma multa rescisória e não abre mão de recebe-la em caso de uma transferência.

O Cruzmaltino chegou a cogitar a possibilidade de envolver o meia em uma troca por jogadores do São Paulo, mas o negócio não foi para frente.

Sem nenhuma proposta concreta até o momento, a diretoria planeja a temporada de 2017 contando com o atleta, que desde a sua chegada - no segundo semestre de 2015 - até o primeiro semestre de 2016, foi o grande destaque da equipe, caindo de rendimento em seguida assim como o restante do time, que penou para conseguir o acesso à Série A.

No fim de 2015, Nenê recebeu uma sedutora proposta do Atlético-MG e balançou, mas preferiu permanecer levando em consideração a condição de ídolo e a referência que carregava na ocasião em São Januário.

Aos 35 anos, o jogador ainda não estipula um prazo para sua aposentadoria.

?

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos