Palmeiras encaminha acerto com Felipe Melo e empresário marca ida a Milão

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Pier Marco Tacca/Getty Images

As conversas entre Palmeiras e o estafe de Felipe Melo, 33 anos, evoluíram consideravelmente nas últimas horas. Em termos salariais, há um princípio de acordo entre as partes, conforme publicado pela Espn e confirmado pelo UOL Esporte. Agora, a direção palmeirense aguarda pelo passo seguinte. O São Paulo também apresentou oferta, mas não avançou. 

Nos contatos realizados, o empresário espanhol José Rodri avisou o Palmeiras que viaja a Milão no dia 3 de janeiro. Ele é o agente de Felipe Melo e já tem, da Inter, uma sinalização de que o volante pode ser liberado para retornar ao Brasil. As conversas realizadas indicaram que a Inter pode abrir mão do jogador sem custos e assim economizar em pagamento de salários. É justamente por conta dessa espécie de 'aval' que Felipe abriu tratativas para jogar novamente no futebol brasileiro.

O vínculo atual entre Felipe e a Inter de Milão facilita o acordo: só há mais seis meses de contrato com as partes, e o volante não tem sido usado regularmente pelo atual treinador, Stéfano Pioli. Das últimas cinco rodadas do Campeonato Italiano, ele só foi titular uma vez. O jogador foi contratado em 2015 junto ao Galatasaray-TUR por 3,5 milhões de euros.

"Sobre o Felipe Melo, as conversas com o Palmeiras avançaram, mas a negociação depende da Inter. Qualquer definição, somente após o dia 2", escreveu Gustavo de Souza, assessor de Felipe Melo, em sua conta no Twitter.

Fora do Brasil desde 2004, Felipe Melo também entende que essa seja a oportunidade perfeita para retomar a carreira em seu país de origem. Ele recebeu procura do São Paulo, que apresentou oferta oficial, mas se distanciou do Palmeiras, muito mais próximo de um acordo. O Corinthians também realizou sondagem por Felipe, mas não foi além. Já o Flamengo, que procurou o volante em outras janelas de transferências, direcionou seu foco para Rômulo, próximo de confirmação. 

Em conversas recentes com outras equipes do Brasil, Felipe Melo pediu salários em torno de R$ 800 mil a R$ 1 milhão por mês, valores considerados inviáveis. Agora, nos contatos com o Palmeiras, se aproximou da realidade dos grandes clubes brasileiros. 

Em entrevista à Rádio Bandeirantes na segunda-feira, o novo presidente palmeirense Maurício Galiotte falou de forma cautelosa sobre Felipe Melo. "A remuneração dos jogadores que atuam fora do Brasil é incomparável. Não temos a menor condição de chegar próximo disso. O grande jogador interessa para o Palmeiras se tivemos condições administrativas e financeiras, mas disputar a remuneração dos jogadores da Europa é realmente muito difícil", declarou. 

O Palmeiras já oficializou as aquisições dos meias Hyoran e Raphael Veiga, além do atacante Keno, mas também tem tudo certo com o venezuelano Guerra, do Nacional de Medellín-COL. É certo que deve mudar seu elenco no que diz respeito aos volantes, e até quatro deles podem sair: Matheus Sales e Rodrigo podem ser emprestados, e Arouca conta com interesse de outras equipes. Já Gabriel Girotto tem fim de contrato e precisa ser comprado em definitivo para ficar em 2017. 

Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos