Dirigente explica o que convenceu Oscar a trocar o Chelsea pela China

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O gerente geral do Shanghai SIPG, da China, Sui Guoyang, explicou o motivo de Oscar ter aceitado deixar o Chelsea em transferência para o clube em transação de R$ 208 milhões. O dirigente afirmou que o brasileiro estava descontente por ter perdido espaço no clube inglês.

"O Oscar estava em desvantagem com o Conte (Antonio Conte, técnico do Chelsea), porque ele não tem lugar no Chelsea com a formação 3-4-3", disse o dirigente nesta quarta (28). "Isso foi a chave para ele ter o desejo de sair", continuou Guoyang.

O dirigente explicou que Oscar não se sentia bem na reserva do Chelsea e ainda tem o desejo de retornar à seleção brasileira.

"Ele se sentiu terrível por ficar no banco e não ser envolvido nos jogos. Ele é tão jovem. Oscar quer voltar para a seleção brasileira, alguns dos compatriotas dele jogam na China e ainda assim são chamados para a seleção. Isso o ajudou a tomar a decisão de vir para China", explicou.

O gerente geral do Shanghai SIPG  ainda falou sobre o valor de Oscar. "Se nós não oferecermos 60 milhões de euros, você acha que ele viria? Há uma grande diferença entre a liga da China e as principais ligas europeias. É irreal sugerir que a gente tivesse feito de outro jeito", completou Sui Guoyang. 

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos