Bandeira: 'Não quero que sonhem com Conca e acordem com um perna de pau'

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Ivo Almeida/UOL

O presidente Eduardo Bandeira de Mello explicou nesta quarta-feira, em entrevista à Fox Sports, a postura do clube de não fazer promessas e evitar comentários sobre os jogadores que estão sendo negociados para reforçar o time.

"Não quero que ele (torcedor) durma sonhando com o Conca e acorde com um perna de pau, com um jogador que ele não goste", disse o presidente, desconversando sobre o interesse do clube no meio-campista argentino, que está lesionado e deve fazer a sua recuperação no clube.

"Conca é um excelente jogador, como Messi, Neymar, Cristiano Ronaldo... Bons jogadores todos querem, inclusive o Flamengo. Qualquer novidade a torcida pode esperar a partir da semana que vem", disse.

Segundo Eduardo Bandeira, a postura também está relacionada a frustrações que teve com especulações não concretizadas quando era apenas torcedor.

"Estamos analisando muita coisa, temos muitas negociações em andamento. Mas como vocês sempre sabem, eu não gosto de falar para criar falsas expectativas. Já fui torcedor já sonhei com muitas contratações que não aconteceram depois", disse.

Sem poder falar nominalmente sobre as negociações em andamento, Eduardo Bandeira de Mello explicou o motivo de ter desistido de Felipe Melo. O meio-campista já foi alvo do clube em outras janelas de transferências, mas no momento está próximo de trocar a Inter de Milão pelo Palmeiras.

"Nós tivemos vários contatos com o Felipe Melo, com o procurador e com o pai ao longo destes últimos anos. Provavelmente ele está referindo-se aos últimos meses", disse o presidente sobre a declaração do jogador, que disse não ter sido procurado pelo Flamengo.

"Nos contatos anteriores ficou estabelecido que as condições estavam incompatíveis com a nossa disponibilidade. Abrimos mão deste projeto. Agora estou vendo que tem outros clubes interessados, provavelmente estes clubes podem chegar a um investimento que consideramos incompatível", completou.

Veja ainda outros assuntos tratados por Eduardo Bandeira de Mello na entrevista à Fox Sports

Saída de Sheik
"Foi na ótima (a saída do jogador). É um excelente jogador, teve duas passagens vitoriosas por aqui. O convívio era o melhor possível, muito dedicado. Não foi possível chegar a um acordo, mas o clube que acertar com ele terá uma grande jogador e uma grande pessoa"

Pacaembu na Libertadores
"É possível. Nas fases posteriores, o Flamengo considera o Pacaembu uma das novas casas. Nossa experiência foi tão boa que devemos repetir independente da Libertadores ou não"

Relação com o Palmeiras
"Ano novo, vida nova. Estas declarações não foram sobre um erro, mas sobre uma acerto de arbitragem, de um gol anulado corretamente. Na época os palmeirenses se alteraram, mas conversamos depois. É uma grande equipe. E temos todo interesse de ter uma boa relação com a nova administração do Mauricio Galiotte.

Cuellar
"O Cuellar continua conosco. Quem tem que avaliar as oportunidades é o treinador. Um time não pode ficar restrito a 11 titulares. Tem jogadores que não têm jogado tanto, mas sabemos que, quando tiver que recorrer, vão jogar. Ele está integrado e, quando o Zé precisar, não vai falhar."

Renovação de Márcio Araújo
"Acho Márcio Araújo um excelente jogador, mas o que conta é a opinião do Zé Ricardo, do Jayme, de toda a comissão técnica, e dos jogadores que consideram ele um jogador importante. Entre os 40 milhões de flamenguistas, pode ser que tenha os que não gostem dele influenciados por jornalistas, que andaram perseguindo o Márcio Araujo. Mas a análise é técnica. E foi ensdossada por todos que avaliaram o desempenho dele".

Quer receber notícias do Flamengo de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos