Presidente da Chape diz querer mais 3 reforços e cita acertos encaminhados

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Jorge Adorno

    Plínio David de Nês assumiu a presidência da Chapecoense após tragédia

    Plínio David de Nês assumiu a presidência da Chapecoense após tragédia

O presidente da Chapecoense Plínio David de Nês afirmou nesta quinta-feira (29), em entrevista ao SporTV, que o clube deve anunciar mais reforços para a próxima temporada. O dirigente declarou que os nomes estão quase certos, com pendências médicas para a assinatura dos atletas.

"Tem contratados que vocês conhecem desde o início da semana. Temos outros praticamente contratados, mas ainda falta exame médico e assinatura do contrato e é por isso que ainda não anunciamos. Eu falava que vamos contratar mais 2 ou 3, completando com a base, formando um plantel de aproximadamente 32 jogadores", disse.

Plínio mostrou confiança no grupo que está se formando com as contratações, fundamentais na reconstrução do clube após a tragédia do último dia 29 de novembro. Na visão do dirigente, a equipe será competitiva e terá capacidade de atingir os objetivos traçados. 

"Vamos ter o calendário extenso e ele terá evidentemente competições como prioridade e outras como participação honrosa do nosso grupo", analisou Plínio, que espera mais dois ou três reforços para completar o elenco, além de atletas das categorias de base.

"Faltam alguns firmamentos e todos os clubes se mostram solidários. Algumas coisas temos que fazer um afinamento, mas a solidariedade é grande e existe. O que não queremos é constrangê-los e fazer pedidos que ficaria difícil, mas tudo que pedimos os clubes estão fazendo assim. Até no exterior", completou.

Chapecoense se reconstrói após acidente

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos