Anderson reclama de jogar lesionado e admite propostas para deixar o Inter

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/ Internacional

    Anderson confirmou ofertas para deixar o Inter, mas quer ficar no clube

    Anderson confirmou ofertas para deixar o Inter, mas quer ficar no clube

Anderson reclamou de jogar lesionado no ano passado. O meio-campista do Internacional disse que atuou muitas vezes sem condições de jogo. Além disso, confirmou propostas do exterior e garantiu intenção de seguir no Inter. 

"Ficou abaixo porque tive poucas oportunidades. Todas as vezes que tive sequência, mostrei qualidade. Muitas vezes joguei com a coxa aberta e com o joelho a 10%, em jogos do Gauchão joguei com 20% do joelho de diferença um para o outro. Isso faz diferença. Eu vou dar sempre o melhor para o time. Vu jogar sempre, posso estar com pé quebrado, braço quebrado, vou jogar. O que faltou foi sequência", revelou o jogador em entrevista à Rádio Grenal. "Agora estou bem, trabalhei nas férias, agora quero estar 100%, tenho que ir bem, fazer um grande campeonato, para chegar ao objetivo que é voltar para Europa e ajudar o Inter a conseguir a Copa do Brasil e voltar para Série A", completou. 
 
O problema físico combinado com a falta de sequência é o argumento do atleta para o rendimento aquém do ideal na temporada. 
 
"Eu não tive uma sequência. É difícil jogar bem quando se joga uma vez por mês. As trocas de treinadores passam por isso, não é culpa deles. Acontece, é do futebol", comentou o jogador. 
 
Anderson ainda confirmou as propostas para deixar o Colorado. Todas rejeitadas. Foram do Middlesbrought, da Inglaterra, de um grupo de investidores da China e do Braga, de Portugal. 
 
"Propostas tem, de muitos clubes, sim. Mas tem que ser algo bom para mim e para o clube. Mas quero ficar no Internacional. É meu objetivo. Mas se o clube achar que minha história chegou ao final, vou sentar com o presidente e o treinador e conversar para ver a melhor situação para todos ficarem felizes", comentou. "É o desafio que eu tenho, quando sai do Manchester poderia ter ficado na Europa, eu vim porque quis para o Inter. O time que escolhi foi o Inter. O Inter não me comprou, vim de graça. Quero vencer no Inter como venci em outros clubes, seria uma cosia única, minha que é meu. Eu e minha família entendemos. Nos dois anos que passei pelo clube, ano que vem vou ir bem, não tem mais desculpa, tenho que estar que nem acabei o ano, bem. Para chegar bem e estar 100% na pré-temporada fazendo um campeonato bom e que me reconheçam bem", completou. 
 
Com mais dois anos de contrato, Anderson está na lista de jogadores que pode deixar o Internacional. Contudo, o clube ainda não recebeu qualquer proposta oficial por ele. 
 

Quer receber notícias do Internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos