Aos 35, Ibra lidera reação do United e ironiza: Pensavam que estava acabado

Do UOL, em São Paulo

Após a badalação da chegada do trio José Mourinho, Paul Pogba e Zlatan Ibrahimovic, o Manchester United acumulou tropeços no início da temporada europeia, se distanciando bastante dos líderes do Campeonato Inglês e com duas derrotas nos primeiros quatro jogos de Liga Europa.

O cenário de incerteza tornou-se terreno fértil para o surgimento de críticas na imprensa inglesa. Jogador mais caro da história, Pogba começou a ter sua contratação questionada, Mourinho foi chamado de ultrapassado e Ibra, 35 anos, de velho demais para acompanhar o ritmo do futebol inglês.

Poucos meses depois, os comandados de Mourinho vivem lua de mel com a torcida e imprensa inglesas. O United está classificado para a segunda fase da Liga Europa, na semifinal da Copa da Liga Inglesa e voltou à parte de cima do Inglês, se metendo na briga pelas vagas na Liga dos Campeões.

Se há um responsável em campo pela reação dos Diabos Vermelhos, atende por Ibrahimovic. O atacante sueco, que à época conviveu com as críticas pelo jejum de cinco partidas seguidas sem ir às redes, marcou 12 gols nas 12 últimas partidas pelo United.

Agora, são 18 tentos em 28 partidas pelo clube – uma média de 0,64 gol por jogo. Já é mais que o artilheiro do time na temporada passada inteira, Martial, com 17 gols. E Ibra tornou-se o centro em torno do qual gira o time, transformando-se também num dos principais assistentes da equipe: já são seis assistências na temporada.

No fim de semana passado, após mais vitória do United no Campeonato Inglês, Ibra ironizou os críticos bem à sua maneira.

"As críticas me dão muita energia, me dão muita força porque eles [os jornalistas] são pagos para falar merda e a mim me pagam para jogar com os pés", disparou.

"Cheguei na Premiere League e todos pensavam que não faria nada, mas como sempre os fiz comer suas bobagens. Cheguei no United e meus primeiros seis meses foram incríveis. Estou super feliz e me sentindo bem. Queria vir quando todos pensavam que eu estava acabado", acrescentou Ibra.

Nesta segunda-feira (2), ele voltou a marcar na vitória por 2 a 0 contra o West Ham fora de casa. A equipe chegou à marca de 13 jogos de invencibilidade, com 10 vitórias e três empates, tendo sido derrotada pela última vez no dia 6 de novembro de 2016. Antes pressionado, o United de Mourinho reagiu - e deve parte considerável da recuperação à grande fase do seu camisa 9.

Stefan Wermuth/Reuters
Ibrahimovic já marcou 18 gols em 28 jogos pelo Manchester United: média de 0,64
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos