Kardec explica saída do SP e diz que pode chegar à seleção jogando na China

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Alan Kardec está no Chongqing Lifan, da China

    Alan Kardec está no Chongqing Lifan, da China

Vendido pelo São Paulo ao Chongqing Lifan, da China, em julho do ano passado, o atacante Alan Kardec relembrou em entrevista ao SporTV sua saída do clube tricolor. E apesar de afirmar que o nível técnico do futebol chinês é inferior ao do Brasil, ele afirmou que pode chegar à seleção brasileira de Tite.

"Passei por um momento no São Paulo em que o Calleri estava lá e estávamos fazendo um semestre bom. Eu não tinha regularidade, não estava bem, mas tinha um salário bom. Eu tinha passado por uma lesão e não estava jogando com frequência. Foi uma decisão rápida", disse Kardec.

"Veio a parte financeira e a parte de que poderia jogar, talvez deixar um legado. Tem jogadores que estão tendo sucesso no Campeonato Chinês e estão na seleção. Eu acho que a oportunidade [de ser convocado] pode aparecer", continuou.

Aos 27 anos, o centroavante fez sete gols em 10 jogos pelo Chongqing Lifan em 2016.

Quer receber notícias do São Paulo de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos