"Adriano vive da forma que escolheu, mas é um desperdício", diz Léo Moura

Do UOL, em São Paulo

Amigo pessoal de Adriano Imperador, o lateral direito Léo Moura acredita que o atacante está feliz com o caminho que escolheu para a sua vida. Mas que a interrupção precoce de sua carreira é um desperdício para o futebol.

Em entrevista ao "Esporte Interativo", Léo Moura falou sobre a sua relação com Adriano, que ainda alimenta a esperança de voltar a jogar. Desde 2012, quando deixou o Corinthians, ele atuou apenas no Atlético-PR em 2014 (4 jogos) e no Miami United (2 partidas).  

"Ele está vivendo da forma que escolheu, ele é feliz da forma que é. É um desperdício, na minha opinião. Poderia estar jogando em clube grande. Defensor passava mal quando ele jogava. É um cara diferenciado. E além de tudo é excepcional", disse.

"Eu acredito (que ele volte a jogar). Eu sinto que ele sente falta, mas precisa da força de vontade dentro dele para voltar a jogar", completou.

Na avaliação de Léo Moura, a própria personalidade de Adriano atrapalhou a continuidade de uma carreira de sucesso. Para o amigo, o atacante tinha tudo para ainda ser o maior camisa nove do futebol brasileiro.

"Por ele ser um coração tão aberto, faz um pouco de mal para ele mesmo. Ele quer ajudar todo mundo e às vezes algumas pessoas se aproveitam. Ele tinha que estar jogando até hoje porque é um cara que faz muita falta no futebol brasileiro, não tem 9 igual a ele", disse.

O lateral contou também que tentou levar o Imperador para a índia e para o Santa Cruz, mas sem sucesso. Recentemente um vídeo do MC Smith circulou nas redes sociais garantindo que o Imperador voltará aos gramados neste ano.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos