Antigo xodó recebe propostas e futuro no Grêmio depende de Renato

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio FBPA

    21 mai 2014 - Maxi Rodríguez comemora gol do Grêmio contra o Botafogo

    21 mai 2014 - Maxi Rodríguez comemora gol do Grêmio contra o Botafogo

Maxi Rodríguez tem mais de uma proposta para deixar o Grêmio. O meia de  26 anos retorna ao Tricolor após empréstimo no Peñarol e o futuro é incerto. Dependerá de uma avaliação do técnico Renato Gaúcho. E isso não soa muito positivo para ele. 

Maxi já foi comandado por Renato. Em 2013, estava despontando no elenco do Grêmio. Após ser contratado no meio de 2012 e passar por um processo de adaptação física, o armador começava a mostrar bom rendimento. Mas teve sequência impedida pelo treinador. 
 
Entre os defeitos elencados por Renato estavam a falta de comprometimento sem a bola. Maxi, na avaliação de Portaluppi, não estava pronto para o futebol brasileiro por ser pouco competitivo. Tecnicamente era considerado um jogador interessante. 
 
Com isso, apesar dos repetidos apelos da torcida, o treinador se negou a dar sequência ao atleta. A direção gremista discordava de tal conduta, tanto que em 2014 colocou o gringo como uma das mais valiosas apostas. Só que o destino tratou de provar que Renato estava correto. Maxi foi mal, Enderson Moreira alegou os mesmos motivos do antecessor para reduzir as chances no time, e uma vez fora da primeira linha ele 'desistiu de tentar' recuperar espaço. Acabou arquivado e deixando o clube para Vasco, Universidad de Chile e agora Peñarol. 
 
No ano passado, o canhoto foi titular. Só não disputou mais do que seus 16 jogos porque sofreu uma lesão e precisou passar por cirurgia. Marcou quatro gols e após a recuperação terminou sua passagem no Peñarol na equipe principal. 
 
As propostas são do mercado do exterior. Emirados Árabes, Estados Unidos e México os destinos que procuraram o Grêmio para receber o melhor jogador do Campeonato Uruguaio de 2011. Um acordo seria facilitado pela direção, já que seu vínculo no Brasil vence em junho deste ano. 
 
As alternativas em Porto Alegre são claras: caso seja aproveitado, precisará renovar seu vínculo. Caso não seja e não aceite as ofertas apresentadas, trabalhará com o elenco de transição até o fim do contrato. 
 

Quer receber notícias do Grêmio de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos