Chape acusa advogados de usarem clube para procurar famílias de vítimas

Do UOL, em São Paulo

A Chapecoense divulgou nota de repúdio na noite desta sexta-feira para criticar "advogados oportunistas" que estariam se apresentando como vinculados ao clube desde a queda do voo da delegação da equipe nos arredores de Medellín (Colômbia), em 29 de novembro.

De acordo com o clube, os profissionais em questão estariam "procurando as fragilizadas famílias das vítimas, neste doloroso momento, para captar serviços, lamentavelmente".

Também segundo o comunicado, "somente estão autorizados a falar juridicamente pela Chapecoense seu vice-presidente jurídico, Luiz Antônio Palaoro, e seus diretores, Luís Sérgio Grochot e Marcelo Zolet". Qualquer outro advogado, diz a Chape, está desautorizado a falar pelo time.

Por fim, a nota da Chape afirma que "serão tomadas as medidas legais e judiciais cabíveis contra os advogados inescrupulosos que se dizem representantes do clube, que tentam de alguma forma obter vantagens ilícitas pessoais, usando indevidamente, e sem qualquer autorização, o nome do clube (…)".

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos