Marlone diz querer ficar no Corinthians e crê que merece Prêmio Puskas

Do Uol, em São Paulo

Já em Zurique, onde disputa o prêmio de gol mais bonito de 2016, Marlone afirmou que deseja permanecer no Corinthians em 2017. O meia tratou de forma natural o interesse de outros clubes em seu futebol, mas negou que propostas concretas já tenham chegado ao seu conhecimento.

"Meu foco está no Corinthians para jogar 2017. Quando você faz uma boa temporada, é normal os outros clubes se interessarem. Eu estou muito feliz, falei isso desde o começo, quando cheguei. O futuro a Deus pertence, e pretendo estar aqui", disse o meia em entrevista ao Sportv.

Marlone disputa o Prêmio Puskas com o malaio Mohd Faiz Subri e a venezuela Daniuska Rodríguez, e está confiante em ser o terceiro brasileiro a levar o prêmio. Neymar e Wendell Lira, em 2011 e 2015, antecederam o camisa 8 alvinegro.

"Acho que o meu foi mais bonito. Foram dois golaços, o dela e o dele. O meu, pela jogada, pela dificuldade do domínio, pelo movimento, foi mais bonito. Acho que merece sim ganhar."

O jogador ainda deu pitacos sobre quem deve ser eleito o melhor jogador do mundo. Messi, Cristiano Ronaldo e Griezmann disputam a indicação. 

"O Messi tem um dom, mas pelo ano do Cristiano Ronaldo, acho que ele leva. Foi campeão com a seleção, da Champions League, foi artilheiro. O futebol também é número. Você ter números conta muito. Eu fico com o CR7, aposto que ele ganha", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos