Com Mattos, Palmeiras contrata quase duas vezes mais que o time da Parmalat

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Dudu é um dos 45 contratados da era Mattos: chapéu nos rivais

    Dudu é um dos 45 contratados da era Mattos: chapéu nos rivais

Felipe Melo foi a 45ª contratação do Palmeiras depois da chegada do diretor de futebol Alexandre Mattos. O dirigente chegou à marca em pouco mais de dois anos. O ritmo é quase duas vezes maior ao registrado pela Parmalat no começo dos anos 1990.

No mesmo período de tempo, a multinacional italiana, com José Carlos Brunoro na mesma função de Mattos, foi responsável pela contratação de 29 jogadores. O atual número alcançado pelo clube foi obtido apenas no começo de 1997, no quinto ano do trabalho.

Mattos, logo na primeira temporada no Palmeiras, trouxe 25 jogadores - 11 deles seguem no clube paulista. No segundo ano, foram 14 contratações (12 jogadores ainda fazem parte do elenco). Em 2017, o Palmeiras já garantiu seis novos atletas. O clube, desde o começo de 2015, conta com a força do patrocínio da Crefisa.

As contratações começaram ainda em dezembro de 2014, logo depois de o Palmeiras escapar do rebaixamento no Brasileirão. O ritmo forte foi mantido em janeiro de 2015. Com praticamente uma nova formação, o time alviverde foi vice-campeão paulista - no fim do ano, conquistou a Copa do Brasil.

A Parmalat, que acertou com o clube alviverde em abril de 1992, contratou nove jogadores até o começo do ano seguinte. Em 1993, foram mais oito. Seis deles foram titulares no jogo do título paulista daquele ano, responsável pelo fim da fila de 17 anos: Mazinho, Antônio Carlos, Roberto Carlos, Zinho, Edmundo e Edílson.

O time paulista ainda ganhou o Rio-SP e o Brasileirão daquele ano, além do bicampeonato paulista e brasileiro em 1994. Com Mattos como dirigente, o Palmeiras sagrou-se campeão da Copa do Brasil em 2015 e do Campeonato Brasileiro em 2016. 

Confira as contratações do Palmeiras nas duas épocas:

Palmeiras da Parmalat

1992 - Saulo, Dida, Daniel Frasson, Cuca, Edinho, Gilson, Jean Carlo, João Luís, Maurílio, Mazinho, Sorato e Zinho.
 
1993 - Antônio Carlos, Cláudio, Cléber, Edílson, Edmundo, Flávio Conceição, Gil Baiano e Roberto Carlos.
 
1994 - Alex Alves, Gato Fernández, Gustavo, Macula, Paulo Isidoro, Ricardo, Rincón, Rivaldo e Wagner.
 

Palmeiras com Mattos na diretoria

2015 - Alecsandro, Alan Patrick, Amaral, Andrei Girotto, Aranha, Arouca, Cleiton Xavier, Dudu, Egídio, Fellype Gabriel, Gabriel, Jackson, João Paulo, Kelvin, Leandro Almeida, Leandro Pereira, Lucas, Lucas Barrios, Rafael Marques, Robinho, Ryder Matos, Thiago Santos, Victor Ramos, Vitor Hugo e Zé Roberto.
 
2016 - Edu Dracena, Erik, Fabiano, Fabrício, Jean, Leandro Pereira, Mina, Moisés, Régis, Rodrigo, Roger Carvalho, Róger Guedes, Tchê Tchê e Vagner. 
 
2017 - Felipe Melo, Guerra, Hyoran, Keno, Michel Bastos e Raphael Veiga.
 
Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos