Aos 34 anos, Sidão diz não estar 'velho' e cita Zé Roberto e Renato

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter/Marco Aurélio Cunha

    Sidão participa de treinamentos do São Paulo nos Estados Unidos

    Sidão participa de treinamentos do São Paulo nos Estados Unidos

Sidão despontou tarde no futebol de elite. Aos 34 anos, o goleiro diz que a transferência ao São Paulo coroou seu melhor momento na carreira. Contratado a pedido de Rogério Ceni, Sidão afirma que a idade "não é problema" e citou como exemplos os experientes Zé Roberto, do Palmeiras, e Renato, do Santos.

Zé Roberto tem 42 anos e foi um dos destaques do Palmeiras na conquista do Brasileirão; Renato, de 37 anos, apresentou grande rendimento na campanha do Santos no torneio nacional.

"A tradição nossa é de aposentar caras cedo. Mas o Zé Roberto e o Renato para mostrar que não é assim. São caras bem acima dos 35 anos e jogando em alto nível. É uma tradição que tem que acabar", declarou Sidão, de 34 anos.

O bom desempenho de Sidão no Botafogo chamou a atenção de Rogério Ceni. Sidão contou que o treinador do São Paulo o convidou a defender o time do Morumbi. A primeira conversa entre ambos foi por telefone; Sidão estava na reta final do Brasileirão com o clube carioca.

"Eu estava concentrado para conseguir a vaga no Botafogo quando o Rogério me ligou. O lugar estava sem sinal. Não conseguia ouvir direito [risos]. Mas ele colocou o que ele pensava, que achava que eu tinha condições de jogar no São Paulo, mas que não viria para ser titular. O coração bateu forte. Bateu mesmo", disse Sidão, relembrando a ligação feita pelo técnico tricolor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos