Futebol é coisa séria para Felipe Melo. Estatística, TV e nada de piadas

Bruno Freitas e Gustavo Franceschini

Do UOL, em São Paulo

A imagem de Felipe Melo junto ao público que consome futebol é muito influenciada pela forma como ele aparece na mídia. Mas parece existir algo além da aparição recorrente do volante no noticiário de polêmicas. O jogador olha para o esporte que pratica de uma forma séria, com um nível de devoção ao jogo pouco comum para atletas de sua geração. Para o novo reforço do Palmeiras, futebol é coisa séria, sem margem para brincadeiras e com culto ao estudo técnico.

Depois de 12 temporadas perambulando pela Europa, Felipe Melo acabou deixando ao torcedor brasileiro um perfil carente de informações. Dentro do país, a imagem mais clara sobre o volante está ligada à eliminação da seleção de Dunga na Copa de 2010. Contra a Holanda, o volante brilhou no primeiro tempo, mas teve participação desastrosa na etapa final, com gol contra e expulsão. No entanto, sua carreira internacional é de respeito, com passagens por clubes importantes e bons contratos.         

Mas o que mais o torcedor palmeirense deve conhecer sobre o novo jogador do time? Talvez seja relevante saber que a relação do volante com o futebol não se restringe ao apelido de "Pitbull" e às excentricidades ocasionais nas redes sociais. Abaixo, a reportagem preparou uma lista que ilustra a relação apaixonada e comprometida de Felipe Melo com o esporte.

Dicas úteis para jovens brasileiros na Europa: "chegar junto"

A casca dura fica de lado quando se trata dos companheiros de profissão. Felipe Melo é retratado por seus ex-colegas de vestiário como um cara disposto a ajudar e atencioso. Alex Telles, ex-lateral gremista que atuou com o volante no Galatasaray e na Inter de Milão, credita ao veterano parte de sua rápida adaptação ao futebol europeu. Quando chegou à Turquia, o jovem foi acolhido por Felipe, que o auxiliou na adaptação e nas dicas dentro de campo.

Yves Herman/Reuters

Até quem não conhece Felipe a fundo se beneficia disso. Em 2015, um grupo de jogadores viajou a Istambul para um torneio amistoso pelo Guaratinguetá, que formou uma equipe semi-amadora apenas para a competição. Durante o jogo, o volante deu bronca em um atacante que tentou cavar falta. O tom áspero era mais um conselho que uma ameaça. Felipe Melo queria explicar aos jovens aspirantes a jogador que na Europa a disputa é mais dura.

"Teve uma outra hora que um menino do nosso time deu uma chegada no cara do Galatasaray e foi pedir desculpa. Ele falou: 'bora, bora, vamos que futebol é assim mesmo, não tem de pedir desculpa, não'", disse Bruno Santos, goleiro que esteve em campo e conversou com Felipe Melo depois do encontro.

Volante rejeitou convite de grupo de humor: "futebol é sério"

Reprodução

Felipe Melo tem uma relação turbulenta com a mídia. O volante tem em seus currículos bate-bocas com jornalistas como PVC, com quem discutiu ao vivo em 2010 na ESPN Brasil, e ex-jogadores como Neto e Zé Elias, com quem vem trocando farpas nos últimos tempos.

Piada? Nem pense nisso. Felipe Melo não é fã do estilo descontraído que a imprensa por vezes adota ao tratar de futebol. Recentemente, ele recusou participar da gravação de um canal de humor dizendo que "não gosta de chacota". Na visão do volante, futebol tem de ser abordado como "coisa séria".

Assiste a jogos de segunda divisão e adora estatísticas

Alguns jogadores procuram esquecer do futebol quando estão em casa. Mas este não é o caso de Felipe Melo. O novo reforço do Palmeiras procura consumir informações relacionadas ao esporte e também tem esse universo em algumas de suas diversões preferidas. O volante afirma que assiste a tudo que a TV oferece em termos de partidas, mesmo ligas de segunda divisão da Europa.

Felipe Melo ainda se distrai jogando Fifa no videogame e ainda aprecia um jogo ligado a estatísticas. Trata-se do Football Manager, cultuado game de estratégia, espécie de simulador que coloca o usuário no papel de um treinador/diretor/presidente de um clube para comprar, vender e escalar jogadores. Na última quarta-feira, o palmeirense até publicou uma foto do jogo em seu perfil no Twitter: "gosto muito". 

 

Em entrevista ao UOL Esporte, em novembro de 2016, o volante revelou que projeta morar com a família nos Estados Unidos, depois de terminar a vida como atleta profissional. Mesmo assim, Felipe Melo afirmou que se imagina trabalhando com o futebol. "Ainda não sei o que posso vir a ser, treinador, dirigente, empresário... mas difícil se afastar do futebol", declarou.

Futebol inspira vida empresário ativa e diversificada

Há alguns ano,s Felipe Melo divide sua devoção ao futebol com a iniciativa em empreendimentos, de diversas naturezas. Na entrevista ao UOL Esporte em 2016, o novo reforço do Palmeiras detalhou um pouco de sua atuação como homem de negócios.

O volante tem participação em uma franquia de uma fábrica de bolos, em unidade no bairro de Del Castilho, no Rio de Janeiro. O jogador também integra iniciativas como a do barco luxuoso em forma de bola de futebol, que recentemente fechou parceria com parques do Angry Birds. O novo palmeirense ainda está envolvido em um site de leilão esportivo virtual, com fins beneficentes.

No entanto, a "menina dos olhos" do empresário Felipe Melo é um negócio que tem o futebol em sua essência. Trata-se da Next Level, uma agência que prepara jovens para se tornarem estudantes-atletas nos Estados Unidos, com ensino de inglês e consultoria esportiva. A empresa com base no Rio comemora ter ajudado mais de 400 adolescentes a chegarem a universidades americanas, usando o esporte como alavanca, e já opera também em Portugal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos