Marlone briga pelo Puskás; relembre os brasileiros já indicados ao prêmio

Do UOL, em São Paulo

O corintiano Marlone pode repetir Neymar e Wendell Lira nesta segunda-feira (9), na premiação da Fifa. Concorrendo ao Puskás de gol mais bonito do ano, o meia tenta ser o terceiro brasileiro a faturar o prêmio.

Apesar de apenas dois terem vencido, o Brasil conta com uma extensa lista de jogadores que concorreram antes de Marlone. Contando o gol de Neymar que chegou a concorrer em 2016, mas ficou fora dos três primeiros, nove tentos brasileiros foram indicados desde a criação do prêmio, em 2009.

A premiação da Fifa está marcada para esta segunda-feira (9), às 15h30 (de Brasília), em Zurique, na Suíça. 

Confira os brasileiros que concorreram antes de Marlone:

2009: Grafite – Wolfsburg 5 x 1 Bayern Munique – terceiro lugar

O gol de Grafite teve uma curiosidade: era para ter vencido o Puskás se não fosse um erro de comunicação. O vacilo foi revelado pelo jogador ao UOL Esporte. O prêmio acabou ficando para Cristiano Ronaldo.

2009: Nilmar – Corinthians 0 x 1 Internacional – sexto lugar

No mesmo ano de Grafite, Nilmar também concorreu ao prêmio. Na ocasião, ele terminou na sexta colocação, com 8,71%. O gol foi marcado contra o ex-clube do atacante: o Corinthians. Com a camisa do Internacional, Nilmar driblou quase todo o time corintiano antes de tocar no fundo das redes de Felipe.

2010: Neymar - Santos 2 x 1 Santo André 2010 – sem posição

A primeira citação a Neymar no prêmio da Fifa aconteceu em 2010. Foi neste ano que o brasileiro concorreu pela primeira vez ao Puskás. A partir desta edição, a Fifa começou a selecionar apenas três gols para participar da cerimônia, Neymar acabou ficando de fora. O gol concorrente foi marcado na primeira fase do Campeonato Paulista.

2011: Neymar – Santos 4 x 5 Flamengo – vencedor

Na segunda chance que teve, Neymar venceu. Em 2011, o atacante foi indicado por causa do golaço marcado contra o Flamengo, na partida que terminou 5 a 4 para o time carioca.

2012: Neymar – Santos 3 x 1 – terceiro colocado

Em 2012, Neymar foi indicado mais uma vez, mas terminou na terceira colocação. O gol escolhido para concorrer foi o marcado ainda com a camisa do Santos. Pela Libertadores, o atacante limpou a marcação do Internacional e chutou para fazer um golaço.

2013: Neymar – Brasil 3 x 0 Japão – terceiro

Flavio Florido/UOL

A sequência de Neymar no Puskás foi até 2013. Naquele ano, o atacante foi indicado pelo gol marcado contra o Japão, pela Copa das Confederações. No lance, Fred escorou e Neymar soltou a bomba de fora da área no ângulo do gol japonês. O tento acabou ficando na terceira colocação do Puskás.

2014: Camilo Sanvezzo – Vancouver Whitecaps 2 x 2 Portland Timbers - sem posição

Um dos brasileiros que já passaram pelo prêmio Puskás foi o desconhecido Camilo Sanvezzo. À época jogador do Vancouver Whitecaps, da MLS, o jogador terminou fora dos três indicados para comparecer na cerimônia de premiação.

2015: Wendell Lira – Goianésia 1 x 2 Atlético-GO – vencedor

A indicação de Wendell Lira ao prêmio rendeu um forte movimento nas redes sociais. Diversas personalidades da internet fizeram campanha para que as pessoas votassem no gol do brasileiro, marcado quando ele jogava no Goianésia. Ele acabou faturando o prêmio com 46,7% dos votos.

2016: Neymar – Barcelona 3 x 0 Villarreal – sem colocação

Na atual edição, Neymar também chegou a ser indicado ao prêmio. No entanto, o brasileiro não recebeu votos suficientes na internet para ficar entre os três primeiros. O tento que concorreu foi marcado contra o Villarreal, quando o atacante deu um chapéu de costas no marcador e mandou para o fundo das redes.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos