No time do ano, Marcelo lembra origens e dá risada de sumiço do Barça

Do UOL, em São Paulo

No time do ano da FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) pela terceira vez na carreira, o lateral esquerdo Marcelo mostrou gratidão após participar da cerimônia do The Best Fifa Football Awards 2016 em Zurique, nesta segunda-feira (9). O defensor brasileiro entrou para o time do ano pelo segundo ano consecutivo e lembrou de suas origens como jogador.

"Passa um filme na cabeça. Claro que é importante estar aqui e ganhar esse tipo de prêmio, mas a gente não pode negar as origens. Agradeço a todos que me ajudaram quando eu era pequeno. Em Botafogo, no Flamengo", declarou o jogador, há dez anos no Real Madrid, ao SporTV.

Muito celebrado pelos torcedores que compareceram ao local, o jogador agradeceu o carinho e disse ser autêntico no seu dia a dia.

"Eu sou eu mesmo, tento não mudar muito, sempre sei por onde passei, tento agradecer quem me ajudou, dando o máximo a cada treinamento, cada jogo, isso eu consigo mostrar para os fãs", completou.

Perguntado sobre como ele se sentia a respeito da ausência dos jogadores do Barcelona, que não foram à premiação alegando preocupação com o jogo de volta da Copa do Rei contra o Athletic Bilbao, no próximo dia 11, o brasileiro se esquivou das perguntas e de maiores polêmicas.

"Não sei", respondeu Marcelo, dando risadas sobre o sumiço dos maiores rivais.

O Prêmio da FIFA explicado em uma conversa do WhatsApp

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos