Maradona critica ausência de Messi em premiação: 'Decepcionado'

Do UOL, em São Paulo

Diego Armando Maradona disse ter ficado decepcionado com Lionel Messi. O ex-camisa 10 da Argentina considerou que o craque do Barcelona poderia ter se esforçado para conseguir liberação à premiação dos melhores da Fifa. O Barça vetou a ida de seus jogadores ao evento ocorrido na segunda-feira, na Suíça.

Sem de Messi na festa, Cristiano Ronaldo faturou seu quarto prêmio de melhor do mundo.

"Não sei por que os jogadores do Barcelona não vieram a um prêmio tão importante. Eles têm prioridades, mas se Messi estivesse aqui a disputa seria muito maior, bem diferente de ele ficar em Barcelona", começou Maradona, que esteve em Zurique para a premiação.

"Estou decepcionado porque o Messi não veio. Aqui [na Suíça] ele pode disputar. De casa, pela televisão, não se pode disputar nada", acrescentou.

Messi faltou pela primeira vez a uma cerimônia de premiação da Fifa e não viu Cristiano Ronaldo ser condecorado o melhor do mundo pela quarta vez - as outras foram em 2008, 2013 e 2014. O argentino foi a ausência mais sentida no boicote do Barça também aderido por Piqué, Iniesta e Luiz Suárez, integrantes da seleção do ano de 2016. A polêmica decisão deixou no ar a sensação do incômodo do argentino.

A alegação do Barcelona é de cansaço dos jogadores e foco na preparação para a partida contra o Athletic de Bilbao, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Rei, na quarta-feira, no Camp Nou - time está em desvantagem de 2 a 1. Mas quem convive com Messi na cidade assegura que a decisão seria outro caso tivesse favoritismo no prêmio.

"Cristiano ganhou porque Messi não veio, mas Cristiano tinha vantagem sobre o Messi", opinou Maradona.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos