Presidente do Corinthians veta Rosenberg de vez e escolhe novo gerente

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Agência Corinthians

Apresentado como alternativa para comandar o marketing do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg não será o responsável pelo departamento.

Nesta terça-feira, o presidente Roberto de Andrade afirmou a aliados que não acatará a sugestão do ex-presidente Andrés Sanchez para reorganizar o departamento. Ele procura soluções internas e já tomou medidas iniciais. Sabedor da recusa, Rosenberg deu entrevistas durante o dia. 

Para suprir a saída do superintendente de marketing Gustavo Herbetta, Roberto deixará o setor no comando do gerente Vinícius Azevedo e, a princípio, não irá contratar um substituto para Herbetta. 

Entretanto, Roberto de Andrade tem um plano A para a função de diretor de marketing no último ano de sua administração. O presidente corintiano fará um convite a Marcelo Passos, que ocupou o cargo em 2015 e deixou o Corinthians por incompatibilidade - diretor, vale lembrar, é função não remunerada. 

Desde que Passos saiu, o Corinthians teve uma rápida passagem de Maurício Jacob como novo diretor, mas se habituou há quase um ano aos comandos de Herbetta e Vinícius. 

Roberto de Andrade e Luís Paulo Rosenberg têm relação complicada há algum tempo e o retorno deste não é desejo do presidente. Rosenberg comandou o marketing corintiano na gestão Andrés Sanchez. Eleito vice-presidente na administração seguinte, com Mário Gobbi, só participou ativamente em 2011 e passou os dois anos seguintes afastado em divergência com o próprio Sanchez. Na última eleição, Rosenberg redigiu carta de apoio a Roque Citadini, derrotado por Roberto nas urnas. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos