Dirigente do Barça critica Messi e é destituído de função após comentários

Do UOL, em São Paulo

  • Alberto Saiz/AP Photo

    Para Pere Gratacós, "Messi não seria tão bom sem seus companheiros"

    Para Pere Gratacós, "Messi não seria tão bom sem seus companheiros"

O Barcelona destituiu nesta sexta-feira (13) o responsável pelas relações institucionais esportivas do clube com a Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Pere Gratacós. O que motivou a ação dos catalães foram os comentários feitos pelo dirigente sobre Lionel Messi após o sorteio das quartas de final da Copa do Rei, realizado hoje em Madri.

O diário "Sport" deu um recorte da frase em uma manchete: "Messi não seria tão bom sem Iniesta ou Neymar", disse Gratacós. O "Mundo Deportivo" deu a afirmação mais completa.

"Leo (Messi) é uma pessoa das mais importantes da equipe, mas se a equipe passou foi também por toda ela. Leo sem Neymar Suárez, Iniesta, Piqué, sem os demais jogadores, não seria tão bom jogador, mas é evidente que Messi é o melhor jogador", declarou.

Em um comunicado publicado em seu site, o Barcelona justificou a retirada de Gratacós de sua atual função pelo fato dele ter "expressado publicamente uma opinião pessoal que não coincide com a entidade". Albert Soler, diretor de esportes profissionais do Barça, foi o responsável por tomar a decisão.

Gratacós continuará trabalhando para o Barcelona na gestão da área de formação e conhecimento de La Masía 360º, a famosa categoria de base dos catalães.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos