Grêmio inverte ordem e ainda busca diretor executivo no mercado

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

    Presidente do Grêmio diz que clube deve anunciar diretor executivo em breve

    Presidente do Grêmio diz que clube deve anunciar diretor executivo em breve

Ao mesmo tempo em que busca reforços, o Grêmio ainda corre atrás de um diretor executivo. A contratação de um dirigente remunerado para atuar no departamento de futebol se arrastou durante todo o período de férias, mas não impediu as tratativas em andamento – entre as quais a contratação de três jogadores e dois negócios cancelados.

Luiz Vagner Vivian, supervisor de logística da CBF, foi o nome tentado durante boa parte de dezembro. Ex-funcionário do Grêmio, ele não conseguiu liberação e foi descartado.

Agora, o Tricolor entende que a vaga está muito perto de ser preenchida. Mas sem revelar o nome do profissional tentado.

"Temos dois conceitos, um deles vai acabar acontecendo. E no máximo da semana que vem", disse Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, depois da reapresentação do elenco.

Após a demissão de Rui Costa, em maio, Júnior Chávare foi promovido interinamente ao cargo de diretor executivo. Ainda em dezembro, o ex-coordenador geral das categorias de base deixou o clube.

Desde meados do mês passado, o departamento de futebol do Grêmio é tocado pelo vice-presidente de futebol Odorico Roman e o diretores Saul Berdichevski. Até a virada do ano, Adalberto Preis, então vice da pasta, também auxiliou nas demandas do dia a dia.

Além de um diretor executivo, o Grêmio quer contratar mais um lateral esquerdo, dois zagueiros e dois atacantes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos