Alemão destrói carrão na madrugada e leva bronca do clube; veja foto

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Bild.de

    Reprodução do carro do atacante Kruse, que sofreu um acidente a caminho de Bremen

    Reprodução do carro do atacante Kruse, que sofreu um acidente a caminho de Bremen

O atacante Max Kruse, do Werder Bremen, levou um susto na última semana. Na quinta-feira, o jogador derrapou em uma rodovia na Alemanha e destruiu seu carro. Embora tenha saído do acidente sem um arranhão, ele deve ter ficado com uma baita dor de cabeça. Como o acidente ocorreu às 3h30 e ele tinha treino às 10h do dia seguinte, levou uma bronca do técnico e da diretoria do clube.

Michael Probst/AP Photo

O incidente aconteceu na rodovia que liga Bremen a Hamburgo, onde Kruse teria ido visitar a família. De folga no dia, o atacante atrasou seu retorno à cidade e derrapou seu Audi A6, que teve perda total. Segundo o jornal Bild, não havia traços de álcool no organismo do jogador, que postou um vídeo em seu Facebook se desculpando.

"É verdade, eu sofri um acidente ontem [quinta] à noite. Eu estava em meu dia de folga, com minha família em Hamburgo. Meu carro está destruído, mas eu estou bem", disse Kruse. O atacante levou broncas pública do técnico e dos companheiros, ainda que ambos tenham evitado pesar a mão nas críticas.

"Nós dissemos a ele que não era o melhor horário. Naquela hora ele deveria estar dormindo", disse o diretor Frank Baumann.

"Nós falamos sobre isso. O horário não era adequado, Max sabe disso, mas ninguém no time reprovou ele. Nós estamos felizes que nada ocorreu no acidente. Poderia ter sido bem pior", disse o lateral Clemens Fritz.

"Quando eu vi a foto do carro meu coração escorreu pelas calças. Eu estou feliz que não aconteceu nada com ele", disse o técnico Alexander Nouri, todos em entrevista ao Bild.

Viciado em Nutella, já brigou com jornalista na balada

Aos 26 anos, Kruse tem um longo histórico de indisciplina. Embora já tenha passado pela seleção alemã, o atacante foi muito questionado na chegada a Bremen, no começo da atual temporada, justamente por causa de seus problemas extra-campo.

Nos tempos de Wolfsburg, seu ex-clube, Kruse chegou a levar multa por ter ido a Berlim jogar pôquer. Depois de ganhar 75 mil euros, ele esqueceu a bolada em um táxi, informou à polícia para tentar recuperar o dinheiro e a notícia acabou vazando.

Além disso, chegou a ser cortado da seleção quando aproveitou a folga para ir a uma balada. No meio da noitada, uma mulher tentou fotografá-lo e ele partiu para cima dela tentando evitar o registro. O problema é que ela era repórter do Bild e fez a matéria mesmo assim.

Menos grave, embora inusitado, é o seu vício em Nutella. Em uma pré-temporada do Woflsburg, os preparadores físicos da equipe notaram que ele exagerava no consumo do produto todas as manhãs e fizeram um alerta a Kruse. A notícia vazou e ele passou a ser conhecido também pelo seu vício no doce.

Quer receber notícias de futebol internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos