Grêmio luta contra assédio e evita atrito para renovar com Pedro Rocha

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Pedro Rocha tem contrato até o final de 2017 e ainda não renovou com o Grêmio

    Pedro Rocha tem contrato até o final de 2017 e ainda não renovou com o Grêmio

Pedro Rocha está em alta. Herói na final da Copa do Brasil, o atacante é um dos mais assediados do elenco do Grêmio na atual janela. Sondagens, consultas e indicações de propostas chegaram e não só por causa dos gols. O contrato perto do fim anima os interessados. Apesar do assédio, o Tricolor mantém a confiança de que renovará o vínculo.

Além do assédio, o Grêmio não gostou das declarações do empresário Hamilton Bernard ao longo da última semana. O agente afirmou que tenta ampliar o vínculo de Pedro Rocha desde 2015 e disse ter oferta para estender o contrato por mais um ano.

Grêmio e Bernard devem se reunir para debater a renovação na próxima semana. E os dois lados garantem não existir atrito.

"Tenho confiança de que vamos chegar a bom termo. E vou desculpar, neste momento, as declarações do empresário dele. Posso entender o contexto, mas é muito pequeno o Grêmio valorizar uma declaração dessa natureza", disse Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio.

Pedro Rocha foi alvo de sondagens ainda em dezembro. De acordo com o estafe do jogador, uma consulta concreta foi apresentada ao Grêmio nas últimas semanas e rechaçada por envolver valores baixos. As cifras ofertadas são reflexo do tempo de contrato exíguo.

O vínculo atual termina em dezembro. O Grêmio afirma negociar uma extensão de dois anos e admite majorar os vencimentos do atleta.

"Meu desejo é renovar o contrato e ficar no Grêmio", disse o jogador à Rádio Guaíba. "Mas deixo isso para o meu pai, meu empresário", completou depois.

Olympique de Marseille e Hoffenheim são citados como clubes que buscaram informações sobre Pedro Rocha. Ao mesmo tempo em que tenta acordo, o Grêmio tenta driblar as sondagens e manter o foco nas tratativas.

Aos 22 anos, Pedro Rocha foi captado pelo Grêmio e jogou nas categorias de base antes de subir ao time profissional. Na equipe principal, deixou de ser centroavante para atuar pelos lados do campo. Ganhou mais espaço com Roger Machado, mas virou fundamental nas mãos de Renato Gaúcho. No jogo de ida da final da Copa do Brasil do ano passado, marcou duas vezes diante do Atlético-MG em pleno Mineirão e encaminhou a conquista do título mesmo sendo expulso depois.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos