Jogador que atuou na Batalha dos Aflitos é morto a tiros em Fortaleza

Fábio Aleixo

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O ex-jogador de futebol Miltinho (39 anos) que defendeu o Náutico na Batalha do Aflitos foi assassinado a tiros na noite de sábado em Fortaleza, onde vivia atualmente. O crime aconteceu no bairro Quintino Cunha na capital cearense.

A morte foi divulgada nas redes sociais por Cícero César, um ex-companheiro de Miltinho e confirmada ao UOL Esporte pelo Coronel Solonildo, subcomandante do 5º Batalhão de Fortaleza.

Segundo o Coronel, Miltinho foi vítima de vários disparos, mas não soube precisar quantos. O corpo do ex-atleta está passando por perícia neste momento. A Polícia ainda não conseguiu identificar os autores de crime e o motivo e seguirá com as investigações.

"Boa noite amigos. .. fiquei muito triste. Recebi uma notícia muito triste que mataram o nosso amigo Miltinho. Quero mandar os meus pêsames a toda família dele.. ... Descanse em paz, meu amigo um abraço a todos do seu amigo Cicero César. ...", escreveu o ex-companheiro.

José Milton Azevedo da Silva é cearense e passou diversos clubes do Nordeste. Em Fortaleza, defendeu o Fortaleza. Teve muito sucesso na Paraíba, onde passsou entre diversas equipes por Botafogo, Treze e Campinense. 

O último clube do meia foi o Nacional de Patos-PB, em 2013.

Na Batalha dos Aflitos, em 2005, Miltinho entrou no decorrer da derrota do jogo, que acabou com triunfo de 1 a 0 do Grêmio e o acesso do clube gaúcho pra Série A.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos