Zago elogia Anderson, mas diz: "talvez seja hora de mudar de time"

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O técnico Antônio Carlos Zago comentou no programa "Bem, Amigos" sobre o afastamento do meia Anderson, do Internacional. Apesar de elogiar o jogador, o treinador afirmou que talvez fosse "hora de mudar de time".

"O Anderson seguiu toda a cartilha do Internacional e todas as diretrizes como comportamento. Eu conversei com ele duas ou três vezes agora, chamei para conversar e explicar o porquê do afastamento, mas é um menino de ouro, não dá problema nenhum dentro do clube, ninguém reclama do Anderson dentro do Internacional. Só que ele não encontrou seu espaço no Inter, talvez seja a hora dele mudar de equipe para que se torne aquele grande jogador que nós assistimos quando começou no Grêmio e depois na época do Manchester. O Anderson é um grande jogador, e ele tem 29 anos. Tem muito tempo pela frente ainda", afirmou.

De acordo com Zago, a decisão de não contar mais com Anderson partiu da direção do Internacional. O treinador acredita, também, que o fato de o meia ter sido revelado pelo Grêmio atrapalhou sua passagem pelo time vermelho de Porto Alegre.

"Quando cheguei foi uma decisão tomada até pela nova diretoria. Sentei, conversei e expliquei tudo direitinho. É um garoto de ouro. Talvez a ligação que ele tenha com o Grêmio, principalmente no início da carreira, às vezes atrapalha. Inter e Grêmio não é fácil, é a maior rivalidade do futebol brasileiro, e acho que até isso acabou atrapalhando o rendimento do Anderson dentro de campo", completou.

Anderson não compareceu à reapresentação dos jogadores do Internacional. O meia treina em separado enquanto aguarda por uma definição sobre seu futuro.

Quer receber notícias do Internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos