Após "acertar em cheio" com Thiago Neves, Cruzeiro fecha ciclo de reforços

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Luis Caicedo, Diogo Barbosa, Hudson e Thiago Neves. A porta de entrada no Cruzeiro está fechada para a temporada de 2017. Foram essas as palavras do presidente Gilvan de Pinho Tavares antes da apresentação de Thiago Neves na Toca da Raposa. Segundo o mandatário, o ciclo de contratações está fechado e o clube não irá mais abrir os cofres para trazer outros jogadores.

"Essa é a última contratação nossa para a temporada. O Thiago já está se preparando para nossos jogos e nossas cinco competições no ano. Ele está com muito entusiasmo para jogar. Tem se preparado bastante e dentro de pouco tempo estará em condições de entrar em campo com nossos atletas. Acertamos em cheio nessa contratação, basta ver a forma como ele foi recebido pela torcida. Esperamos muito do Thiago, que venha para encorpar ainda mais nosso time", falou o presidente.

Com Thiago Neves, o Cruzeiro tem agora 32 jogadores no atual elenco. Certo de que não chegará mais reforços, ainda não é possível dizer se outros deixarão o time. Para o técnico Mano, o número ideal para trabalhar é de 30 atletas. Por isso, ainda há a possibilidade da diretoria negociar ou emprestar alguns atletas. A lateral esquerda, por exemplo, conta hoje com quatro opções (Diogo Barbosa, Edimar, Bryan e Fabrício) e pode sofrer perdas.

"Temos o objetivo de não inchar demais o grupo. É um pedido da comissão técnica. O número de atletas já é suficiente, o elenco já está com o número de jogadores que necessitava. O ano não vai ser fácil, todo mundo está enxergando a dificuldade do clube de encontrar jogadores por falta de receitas. Dos clubes brasileiros, fizemos o maior sacrifício", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos