Chape x Palmeiras terá torcida mista e camisas de times liberadas

Daniel Fasolin

Do UOL, em Chapecó (SC)

O time profissional da Chapecoense voltará a disputar uma partida após a tragédia da Colômbia no próximo sábado (21), contra o Palmeiras, em Chapecó. Batizado de "Jogo da Solidariedade", o amistoso contará com torcida mista na Arena Condá.

A diretoria da Chape também negocia a liberação da entrada de torcedores com camisas de outros clubes junto à Polícia Militar, que sinalizou positivamente à ideia. Representantes da Chape se encontraram na terça (17) com o responsável pela corporação, o tenente-coronel Ricardo Alves da Silva. Na reunião, o acordo foi firmado.

"Esse é um jogo muito especial para a gente. Decidimos unificar as torcidas, pois isso era um desejo da nossa antiga diretoria que estava no avião que sofreu o acidente. O Sandro sempre teve esse desejo", afirmou à reportagem um membro do departamento de marketing da Chape.

"Temos a missão levar ao mundo a mensagem que é possível ter paz nos estádios. A Chape se tornou o segundo time da maioria das pessoas, mesmo que de uma maneira que não queríamos. Esse é o legado que eles nos deixaram."

Em contato com o UOL Esporte, o tenente-coronel da PM confirmou o acordo com a Chapecoense e informou que está em contato com as torcidas palmeirenses.

"Nós fizemos várias reuniões com a Chapecoense. Ontem tivemos mais uma para acertar os detalhes. Esse é um momento de união e paz de todos, então decidimos atender a demanda", disse o comandante Ricardo Alves da Silva.                 

"Não conversamos com todos os representantes da torcida do Palmeiras, que vêm de São Paulo. Mas com as que já conversamos, todos aceitaram. Por ser um jogo festivo e de reflexão, vemos que não haverá problemas em unir as torcidas", explicou. 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos