Inter e Doyen marcam reunião para definir situação de M. Cirino

Jeremias Wernek e Vinicius Castro

Do UOL, em Porto Alegre e Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Inter fez proposta ao fundo de investimento e deve receber resposta nesta sexta-feira

    Inter fez proposta ao fundo de investimento e deve receber resposta nesta sexta-feira

A situação de Marcelo Cirino deverá ser definida nas próximas horas. Internacional e o grupo Doyen vão se reunir nesta sexta-feira para avançar nas tratativas de transferência do atacante. O Flamengo aguarda o acerto entre as partes para repassar a dívida, ou parte dela, e demais condições do negócio ao Colorado.

Segundo apurou o UOL Esporte, a operação é vista com otimismo pelos envolvidos. Uma das partes relatou que nos últimos dias as tratativas "avançaram".

O fundo de investimentos, que ajudou o Flamengo a tirar Cirino do Atlético-PR, ficou de responder a oferta do Internacional até o final desta semana. Um encontro entre as partes foi agendado para o desfecho.

O Inter deseja Cirino há tempos. Já havia tentado o jogador antes da transferência para o Fla. Sondou no final de 2015 e agora colocou o nome dele como obsessão para reforçar o ataque. Nas últimas semanas, contudo, o Colorado investiu mais tempo na negociação para chegar a um acordo.

O time carioca espera a definição o quanto antes. A ideia do Flamengo tem ligação com as ações no mercado. Com a saída de Marcelo Cirino, o clube também ganha fôlego financeiro para investir mais na busca por reforços ofensivos.

Relembre o acordo atual

Marcelo Cirino tem acordo de empréstimo válido até o fim de 2017 com o Flamengo. Os direitos econômicos estão divididos entre o Atlético-PR (50%) e o grupo Doyen (50%). O Flamengo paga R$ 2 milhões por ano aos paranaenses pelo empréstimo, além dos salários - cerca de R$ 200 mil mensais.

O fundo de investimento pagou R$ 16 milhões por 50% dos direitos econômicos de Cirino no fim de 2014 e costurou o empréstimo ao Flamengo com cláusulas que o protegem. Para recuperar o investimento, o Rubro-negro precisa vendê-lo por pelo menos 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões, na cotação atual) até o fim do empréstimo ou pode quitar a dívida do Doyen para adquirir os direitos econômicos.

Segundo previsto no acordo, o Flamengo também tem direito a 20% da receita de transferência caso uma eventual venda ultrapasse o valor de 3,5 milhões de euros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos