Di Maria rejeita dinheiro da China: "prefiro ficar aqui em Paris"

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / FRANCK FIFE

    Di Maria rejeitou o futebol chinês

    Di Maria rejeitou o futebol chinês

O meia-atacante Di Maria tem sido constantemente ligado a especulações envolvendo o mercado chinês. Mas, se depender do argentino, ele não deverá trocar Paris pelo futebol asiático.

Em entrevista à ESPN argentina, o jogador disse que respeita quem se atrai pelo dinheiro que os chineses oferecem, mas ele não fará isso.

"Cada um tem sua forma de pensar, pode ter vontade de ir jogar na China, pensar em jogar lá. A quantidade de dinheiro que se fala, pode chamar atenção. Mas para mim não, prefiro ficar aqui, ser feliz aqui. E poder conquistar o objetivo que sempre quis desde que cheguei em Paris que é ganhar a Liga", falou.

Di Maria ainda ressaltou que deverá seguir na França pelas duas próximas temporadas, tempo de contrato que tem com o clube.

"Estou tranquilo aqui, tenho dois anos de contrato. Estou feliz aqui, minha família está feliz. Isso é importante para mim e ficarei até o fim do meu contrato", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos