Pedido de Renato e vontade do Peñarol. Bressan deve voltar ao Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/Peñarol

    Zagueiro estava no Peñarol desde julho e retorna por contingência

    Zagueiro estava no Peñarol desde julho e retorna por contingência

Bressan está voltando. Emprestado ao Peñarol desde julho, o zagueiro deverá retornar ao Grêmio por contingência. A falta de jogadores para o setor e um pedido do time uruguaio, na negociação por Martín Chaves, levam o Tricolor a reintegração do atleta. O caso deverá ser definido no começo da semana.

Aos 24 anos, Bressan ainda tem contrato com o Peñarol até julho de 2017.

A volta a Porto Alegre está alinhavada entre os clubes. O Peñarol deseja reduzir os custos do elenco e também deverá promover uma reformulação no grupo para a próxima temporada. O retorno de Bressan foi citado pelos dirigentes uruguaios quando o Grêmio enviou proposta de empréstimo pelo atacante Martín Chaves, 18 anos.

Ao Grêmio a volta também pode ser solução. Mesmo com cinco reforços já contratados, o Tricolor enfrenta dificuldades no mercado para buscar zagueiros. Após as saídas de Wallace Reis e Fred, cedidos por empréstimo, o elenco principal conta com apenas três opções: Pedro Geromel, Walter Kannemann e Rafael Thyere.

De acordo com a diretoria, o retorno de Bressan agradou a Renato Gaúcho. Em 2013, na segunda passagem do treinador pelo Grêmio, o zagueiro teve bom desempenho e foi titular em boa parte da campanha do vice-campeonato brasileiro.

Diante da dificuldade de contratar e por conhecer o jogador, Renato deu aval para o retorno. Ainda assim, os dirigentes seguem no mercado atrás de pelo menos mais um zagueiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos