Fábio Carille lamenta confusão e aprova reforços do Corinthians

Do UOL, em São Paulo

O primeiro clássico de Fábio Carille como técnico do Corinthians em 2017 contou com uma briga entre seus jogadores e os do São Paulo. Em entrevista após a derrota nos pênaltis, o comandante afirmou que confusões desse tipo "não podem acontecer".

"Corinthians e São Paulo é pegado, mas não pode acontecer. Tem que trabalhar, jogar firme na bola, porque futebol é assim. Não é do jeito que aconteceu hoje", afirmou.

No início do primeiro tempo, o lateral Bruno tentou dar uma solada em Marquinhos Gabriel e iniciou uma confusão generalizada. Após muito empurra-empurra e discussões, Kazim, do Corinthians, e Maicon, do São Paulo foram expulsos.

"Sabíamos que isso (confusão) podia acontecer, trabalhei meu lado para que (o jogo) fosse na bola, mas tem coisas que fogem da mão. Não é bonito o que aconteceu, mas acontece. Vamos trabalhar para que nos próximos clássicos não aconteça. Eu vi que o Rogério tentou segurar lá, eu tentei também, mas já estavam lá dentro".

Apesar da derrota nos pênaltis, Carille afirmou ter aprovados os reforços em seus dois primeiros jogos – o anterior, a equipe venceu o Vasco por 4 a 1. "Aprovados estão os reforços, acompanho todos há muito tempo e está sendo muito bom, interagindo, participando bastante e a respostava foi positiva".

"O sentimento é de alegria. Estamos no caminho certo, é trabalhar bastante para a estreia. Em clássicos, a gente sabe que a pilha pode fugir do controle, da próxima vez vamos fazer de tudo para que isso não aconteça", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos