Amistoso com Palmeiras rendeu à Chape mais que semifinal da Sul-Americana

Daniel Fasolin

Do UOL, em Chapecó

O amistoso de sábado (21) entre Chapecoense e Palmeiras, que terminou empatado por 2 a 2, era para ser apenas uma homenagem em memória à tragédia aérea de novembro de 2016, mas acabou rendendo ao clube catarinense mais do que a semifinal da Copa Sul-Americana. Mais de 14.900 torcedores estiveram na Arena Condá, totalizando uma renda de R$ 852.415,00.

O último jogo da Chapecoense na Copa Sul-Americana de 2016, semifinal contra o San Lorenzo, teve como público total 17.569 torcedores, para uma renda de R$ 549.940,00, recorde do clube na competição.

No Campeonato Brasileiro de 2016, o clube catarinense teve uma média de ocupação de 39% (7.611 torcedores), com uma renda bruta de R$ 2.649.240,00. Em média a Chape arrecadou pouco mais de R$ 147 mil por jogo em seus domínios na Série A do Brasileiro.

Em 2016 a Chapecoense teve um dos melhores anos de sua história no que diz respeito à monetização em suas bilheterias. Neste ano, o clube aposta que esse número aumentará ainda mais. O jogo contra o Palmeiras foi a primeira prova de que os números de renda e público devem ser os maiores da história do time catarinense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos