Mesmo após desculpas, Wenger é denunciado por empurrão em árbitro

Do UOL, em São Paulo

O técnico do Arsenal Arsene Wenger foi denunciado pela Federação Inglesa por ter empurrado o quarto árbitro após ser expulso na partida do clube contra o Burnley no último domingo (22), pelo Campeonato Inglês.

A Federação Inglesa informou que o treinador tem até o dia 26 de janeiro para se defender sobre o caso.

"Por volta dos 92 minutos, ele usou uma conduta abusiva e insultou o quarto árbitro. É alegado que depois de ser expulso da área técnica, continuou na área do túnel e teve contato físico com o quarto árbitro, caracterizando conduta imprópria", diz a federação.

O próprio Wenger se desculpou após o episódio. "Eu deveria ter me calado, saído e ido para casa. Eu me desculpo por isso. Não foi nada mal-intencionado. Eu deveria ter mantido o controle, mesmo que estivesse sob tensão no momento", disse, durante entrevista coletiva, complementando:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos