"Desperdício de dinheiro", diz Prass sobre Palmeiras priorizar competição

Danilo Lavieri e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Fotoarena

Fernando Prass esbanjou otimismo em coletiva de imprensa nesta terça-feira (24). O goleiro do Palmeiras afirmou que 2017 será o melhor ano de sua carreira e disse que a equipe não poderá priorizar nenhuma competição por causa do investimento feito até aqui.

Campeão brasileiro, o time já trouxe nomes importantes como Alejandro Guerra, melhor jogador da Libertadores, e Felipe Melo, atleta que já disputou Copa do Mundo pela seleção brasileira. No campo das apostas, ainda trouxe nomes promissores como Hyoran, que era da Chapecoense, e Raphel Veiga, do Coritiba.

"Hoje, o Palmeiras não precisa priorizar nada. Se fosse para montar uma equipe dessas e a gente falasse que precisa priorizar... Seria desperdício de dinheiro. E a gente vem aqui e sempre fala que todo mundo tem condição, então não tem porque se preocupar em definir prioridade", afirmou o goleiro.

Prass também fez uma comparação com o que encontrou ao chegar no Palmeiras, em 2013, e o que vê hoje na equipe, especialmente em termos de estrutura.

O time paulista tem agora um hotel próprio com direito a piscina, mesa de poker, de sinuca e um dos melhores centros de recuperação e preparação física. Tudo foi bancado pelo ex-presidente Paulo Nobre e pela Crefisa, a patrocinadora.

"É muito diferente, por toda a estrutura. Além disso, antes a gente tinha 8 mil sócios eu acho. Agora são 130 mil. Eu cheguei o time estava na segunda e agora eu sou campeão do Brasileiro e da Copa do Brasil. E tudo em isso em três anos, que é um período curto para um clube se reestruturar. Tudo isso é reflexo do que tem sido feito nos bastidores", analisou.

O ídolo palmeirense ainda projeta que terá uma temporada brilhante e prometeu que 2017 será o melhor ano da sua carreira.

"Fiquei muito tempo parado por causa da lesão e quando acabou em 2014 eu falei que em 2015 o ano seria melhor. E agora eu posso falar que em 2017 vai ser o melhor ano da minha carreira", profetizou. "Se com 38 eu fui chamado para a seleção olímpica, porque não posso sonhar em ser chamado de novo".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos