Salário de R$ 600 mil vira esperança final do Corinthians para ter Drogba

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Eric Bolte-USA TODAY

Realizada nos últimos dias, a conversa entre o presidente Roberto de Andrade e Didier Drogba, revelada pelo Blog do Perrone, deixou o Corinthians otimista em relação à contratação do centroavante marfinense. O que fortalece esse clima de esperança entre os dirigentes é a segunda proposta oficial enviada para o jogador, com valores superiores. 

Dias depois de apresentar uma oferta que vazou em diversos sites, entre eles o UOL, o Corinthians subiu valores para seduzir Drogba. Nesse momento, o centroavante tem em mãos uma proposta salarial semelhante ao que recebia no Montreal Impact, nos últimos dois anos, quando atuou na Major League Soccer. Os vencimentos são na casa de R$ 600 mil.

Durante a última semana, na medida em que as conversas avançaram, o Corinthians ouviu de empresários do marfinense que a proposta inicial de R$ 380 mil, além de bônus, era considerada baixa e que Drogba gostaria de valores 60% superiores para atuar no Brasil. Foi quando o clube reajustou a oferta e colocou o presidente Roberto de Andrade à frente das tratativas. Ele teria o maior salário de todo o elenco corintiano. Hoje, o volante Cristian lidera essa lista com vencimentos de R$ 420 mil. 

Outro detalhe importante contribuiu no processo: o estafe do atacante turco Kazim Richards, que já atuou com Drogba e conversou recentemente com ele a pedido do diretor de futebol Flávio Adauto, entrou no circuito. Empresários do centroavante recentemente contratado passaram a auxiliar o Corinthians nas tratativas. Já André Campoy, agente que iniciou os trâmites e é muito ligado à política no Parque São Jorge, se declara fora do processo. 

A divulgação da proposta oficial por escrito feita a Drogba, segundo afirma Campoy e confirmam dirigentes corintianos, causou turbulência nas negociações com as pessoas próximas ao centroavante no último fim de semana. O Corinthians foi questionado por representantes do centroavante sobre como deixou vazar um documento que só as duas partes deveriam possuir. 

Depois de conversar com Drogba no fim de semana, porém, o presidente do Corinthians conseguiu injetar novamente confiança para a outra parte do negócio. Em Londres, no sábado, o marfinense havia declarado a amigos, conforme apurou o UOL Esporte, que esperava um contato oficial, de Roberto de Andrade ou do treinador Fábio Carille, para se sentir mais seguro sobre o interesse. 

O que também aumenta a confiança do Corinthians é uma apuração feita por dirigentes do clube e envolvidos nas tratativas com diversas fontes. Nesses contatos, o clube acredita ter se certificado que Drogba não tem mais qualquer outra proposta oficial em mãos. O Olympique de Marseille-FRA desistiu dele, assim como possibilidades para Estados Unidos e Austrália, segundo afirmam os participantes do negócio, não se concretizaram. 

O Corinthians acredita que possa ter uma resposta de Drogba, se possível positiva e definitiva, até o fim de semana. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos