Thiago Ribeiro diz que venceu depressão e agora quer ser titular no Santos

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/SantosFC

    Thiago Ribeiro revela que começou a sofrer de depressão no fim da temporada 2014

    Thiago Ribeiro revela que começou a sofrer de depressão no fim da temporada 2014

O atacante Thiago Ribeiro voltou a conceder entrevista coletiva como jogador do Santos após dois anos. O atleta esteve emprestado a Atlético-MG e Bahia neste período. O jogador abriu o coração ao dizer que está curada de depressão.

"Depressão começou no final de 2014. Foram quase três meses afastados, treinando na academia, leve.. Perdi muito peso, todo o preparo físico. Alguns minutos de trote me cansavam. Me afetou muito nos últimos dois anos. Fui para o Atlético, estava um pouco melhor. Mas longe da situação normal. Consegui fazer uma temporada razoável para boa, fiz gols, mas não tinha aquela alegria. Não digo só profissionalmente falando, mas num todo, na vida. Foi um período muito difícil. Começou de uma hora para outra, não tenho explicação. Muitos me perguntaram sobre algum problema familiar, mas não teve", afirmou Thiago Ribeiro.

"Foi subitamente. Foi muito difícil, mas procurei me apegar a Deus, buscando forças nele, sabendo que ele poderia me tirar da situação. Minha fé em Deus e a confiança que esse era o caminho aconteceu como imaginava e sabia que iria acontecer. Hoje, dois anos e três meses quase depois do início de tudo, hoje eu posso dizer tranquilamente que estou completamente recuperado graças a Deus. Por isso que hoje eu falo abertamente. Não me incomoda nem um pouco responder sobre isso. Naquele momento de dificuldade eu ainda não falava sobre isso, porque passava pelo problema. Eu evitava.. é desconfortável. Hoje estou completamente recuperado, agradeço a Deus, às pessoas do Santos também. Hoje estou feliz, motivado e com vontade de entrar em campo para mostrar potencial que mostrei em todos os clubes que passei", completou. 

Apesar de classificar a cura da depressão como a maior conquista de sua vida, Thiago Ribeiro não esconde seus novos objetivos. Após ser utilizado como "moeda de troca" pela diretoria santista, sem sucesso, o atacante realiza a pré-temporada no CT Rei Pelé, e não esconde que pretende ser titular da equipe santista.

"A volta por cima eu já dei. A maior vitória que eu alcancei foi me livrar daquele problema (depressão). Sem alegria, felicidade, a pessoa não tem vontade de nada. Não só na área profissional, em um todo, na vida mesmo. A maior vitória eu já alcancei. A minha alegria de viver a vida voltou, estou bem, recuperado. Essa é a minha maior conquista. A maior volta por cima que eu poderia alcançar eu já alcancei. Agora é buscar a volta por cima na carreira. Últimos anos foram difíceis. Vai ser um desafio legal, bacana. Eu gosto de desafios. Quando somos colocados à prova, eu me motivo. Espero também dar a volta por cima agora na carreira. Tenho muita fé em Deus. A nova prova que tenho pela frente é buscar espaço numa equipe. É algo sadio, Santos tem grandes jogadores. Quem entrar vai representar. É algo que eu tenho dentro de mim. Mostrar a cada treino e jogo que eu tenho condições de conseguir um lugar no time do Santos. É algo que me faz acreditar que, cada vez mais, eu posso alcançar o objetivo", disse.

Para isso, Thiago Ribeiro aposta em sua experiência em jogar a Copa Libertadores da América. O atacante, inclusive, já foi artilheiro da competição, na edição de 2010.

"Libertadores é campeonato especial. Joguei cinco ou seis Libertadores. É um campeonato realmente diferente. Todo clube quer jogar. É o campeonato que o torcedor mais demonstra apreensão e desejo de vencer. Eu por duas vezes bati na trave. Perdi em 2009 e pelo São Paulo perdi a final de 2006. Em 2010 fui artilheiro. Quero esse gostinho de vencer a Libertadores. E o Santos é tricampeão, está em busca do quarto título. É um time com muita tradição. Espero ter oportunidade de jogar e ajudar, contribuir da melhor maneira possível. Meu maior desejo e sonho neste ano é esse. Conseguir um título como a Libertadores. É o que falta. É um sonho de consumo de todos os clubes. Santos se tornaria o maior campeão brasileiro da Libertadores, isso motiva não só eu, como todos. Acredito que pelo trabalho que a gente vem desenvolvendo, pela capacidade do Dorival, temos tudo para fazer uma grande Libertadores", declarou.

UOL Esporte apurou com integrantes da comissão técnica santista que Thiago Ribeiro tem se destacado nos treinos. O jogador até fez parte do melhor grupo de performance nas avaliações de "soccer test" no Santos, treino de resistência e velocidade e que ocorre com corridas de 15 metros, intercaladas.

Vale ressaltar que Thiago Ribeiro chegou com físico defasado. O atleta se apresentou com perda de peso, força e velocidade. A comissão técnica santista faz trabalho de recuperação física do jogador, inclusive, com a utilização de suplementos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos