Artilheiro da Copinha relembra tiro que levou quando era criança

Do UOL, em São Paulo

Artilheiro e campeão da Copa São Paulo de Juniores, o atacante Carlinhos, do Corinthians, revelou nesta quinta-feira que correu risco de ter a perna amputada. Quando criança, ele foi alvo de bala perdida quando seguia com a família para a igreja, em Jaú.

Carlinhos, segundo o pai, tinha 4 anos e meio quando foi ferido. A promessa da base corintiana diz que não se recorda muito daquele dia.

"Fiquei para trás brincando com meu primo [no caminho para a igreja]. Eu fui dar uma 'piruleta', e uma arma acertou não sei de onde. Bateu na minha perna. Eu caí no chão e não senti mais a perna. Só me lembro uma poça de sague no chão e várias pessoas em volta", contou Carlinhos, em entrevista ao Bate Bola, da ESPN.

Apesar do susto, o atacante ressalta que houve sequelas. "Os médicos falavam que iam amputar. O médico falou que era um milagre. Ela estilhaçou na perna. Hoje eu ando normalmente. Sem sequela nenhuma".

Com 11 gols marcados na Copinha, Carlinhos aguarda mais oportunidade no time principal. Ele já havia sido incorporado ao elenco principal do Corinthians no ano passado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos