Follmann fala em ser para-atleta e até cogita carreira de cantor

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Globo

    Follmann cantou novamente no programa Encontro com Fátima

    Follmann cantou novamente no programa Encontro com Fátima

O goleiro da Chapecoense sobrevivente da queda do avião da Lamia que matou 71 pessoas em novembro, Jackson Follmann, tem duas opções de carreira para seguir após a tragédia que acabou com sua perna direita amputada: para-atleta ou cantor. Ou quem sabe os dois.

Follmann participou do programa Encontro com Fátima desta quinta (26) e soltou a voz novamente, assim como havia feito na transmissão da Rede Globo do jogo entre Brasil e Colômbia.

"A minha voz ainda está fraca. Também tem a emoção e a voz não sai", comentou o goleiro após cantar e tocar violão no programa da emissora carioca. O goleiro cantou em homenagem a noiva Andressa Perkovski e afirmou que já pensou em ser cantor.

Ainda em processo de recuperação, a próxima etapa do tratamento do goleiro será colocar prótese na perna direita e voltar a andar. Follmann pensa em não deixa o mundo do esporte e ser para-atleta.

"Eu penso sim (ser para-atleta). O esporte me deu tudo que tenho hoje. Depois de colocar prótese eu quero participar de outros esportes. Tenho certeza que poderei fazer muitas coisas, até mais que fazia antes", comentou.

Jackson Follmann ainda fez uma previsão sobre quando voltará a andar. "Até o final de fevereiro quero estar caminhando".


 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos