Goleiro da Chape faz milagre e cita 'guerreiros': "estavam nos iluminando"

Do UOL, em São Paulo

A grande defesa feita por Elias logo no começo do segundo tempo do jogo desta quinta-feira (26), contra o Joinville, na Arena Condá, certamente fez muita gente recordar o milagre realizado por Danilo no jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana 2016, contra o San Lorenzo, na mesma Arena. O lance, inclusive, fez o goleiro da Chape ter seu nome gritado pelos torcedores, o que o deixou bastante emocionado após o apito final do empate por 0 a 0.

"Muito importante. Mais uma vez, meu nome sendo gritado pela torcida, não tem preço. Guerreiros estavam iluminando a gente lá de cima e dando força para gente. Temos uns detalhes para corrigir, mas foi o segundo jogo da temporada e é normal cometermos erros.", disse o goleiro em entrevista ao canal Sportv.

O lance aconteceu logo no primeiro minuto do segundo tempo, no mesmo gol defendido por Danilo em um dos lances mais lembrados do último jogo da Chape na Sul-Americana. Elias primeiro deu um rebote em um cruzamento, mas depois demonstrou muito reflexo e fez milagre em chute à queima-roupa de Alex Ruan.

A Chapecoense agora deixa de lado a Primeira Liga e começa a pensar no Campeonato Catarinense. Neste domingo (29), os comandados de Vágner Mancini encaram o Inter de Lages em mais um jogo na Arena Condá, às 17h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos