Messi tem "doado" pênaltis para companheiros; Neymar é quem agradece

João Henrique Marques

Do UOL Esporte, em Barcelona

Pênalti para o Barcelona. Lionel Messi tem a bola na mão. Olha para Luis Suárez, mas a deixa com Neymar. O argentino criou o costume de doar penalidades aos outros atacantes do time. Em caso de pênalti contra a Real Sociedad, às 18h15min (de Brasília), no Camp Nou, no duelo de volta das quartas de final da Copa do Rei, ninguém sabe quem será o executor.

Na partida de ida no País Basco, Neymar foi o autor do gol da vitória de 1 a 0 graças ao pênalti sofrido, e cobrado.

O brasileiro está se acostumando com a função de cobrar pênaltis no Barcelona. Nos últimos dois anos, Messi já doou 15 penalidades, sendo 11 para Neymar e 4 para Suárez.

Graças ao pênalti cobrado há duas semanas contra o Athletic de Bilbao - Barça venceu por 3 a 1 -, Neymar encerrou o jejum de 11 partidas sem gol.

Apesar de ter convertido os dois últimos pênaltis, Neymar tem aproveitamento ruim quando pressionado pela escolha de Messi. São 6 erros e e 4 acertos. Já Suárez tem 2 acertos e 2 erros.

"Já pareceu mais claro que o Messi cobra pênaltis decisivos. Agora a impressão é de que, quando Neymar sofrer, vai cobrar", comentou o jornalista catalão, Bruno Alemany, dá rádio Cadena Ser.

De fato, Neymar foi quem sofreu os dois últimos pênaltis no Barcelona.  

"Não há uma regra (para a escolha do batedor). Isso é a decisão dos jogadores", destacou o treinador do Barcelona, Luis Enrique.

No total pelo Barcelona, Messi tem 73 pênaltis cobrados. São 56 convertidos e 17 falhados. Na estatística, uma famosa assistência para Luis Suárez em cobrança de pênalti - na vitória por 6 a 1 contra o Celta de Vigo, em 2016 - consta como penalidade falhada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos