"Gabi-não-gol": jornal italiano corneta atuação de brasileiro na Inter

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Luca Bruno

Gabigol ainda não conseguiu encantar os italianos. Pelo contrário. Suas atuações têm sido alvo de crítica por parte da torcida e, especialmente, da imprensa da Velha Bota. Por ainda não balançar as redes, recebeu um apelido maldoso: "Gabi-não-gol".

Neste sábado (28), a Internazionale de Milão ganhou sem dificuldades do Pescara por 3 a 0. O brasileiro entrou nos 15 minutos finais, deu toque de calcanhar, fez o goleiro adversário trabalhar, mas não foi bem avaliado pelo jornal Corrieri della Sera.

"Foi criada uma condição para a entrada de Gabriel Barbosa, que foi saudado pelo estádio como se fosse Ronaldo. Respondeu com um belo tiro que fez Bizzarri trabalhar, mas, por enquanto, segue como "Gabi-não-gol". Mas paciência. O importante é que isso já é questão do passado para a Inter", disse o jornalista Alessandro Pasini em seu texto. 

A vitória foi garantida com gols de D'Ambrosio e João Mário ainda no primeiro tempo. No terceiro, o brasileiro naturalizado italiano Eder ampliou o triunfo. 

O triunfo fez a Inter chegar na 4ª colocação após um princípio de crise no início do primeiro turno. A equipe tem 42 pontos com 22 jogos. A líder é a Juventus, que tem 48 pontos com dois jogos a menos. 

Gabriel teve seu nome vinculado a possíveis negociações com equipes menores da Europa e até mesmo um retorno ao Brasil foi especulado. Por enquanto, ele segue na Inter buscando um espaço.  Esse foi o 5º jogo que o atleta entrou, sem balançar a rede nenhuma vez. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos