Pato dá esperança, mas Vasco diminui empolgação sobre Luis Fabiano

Gustavo Franceschini e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio e em São Paulo

  • Divulgação

Depois de dar a contratação de Luis Fabiano como quase certa, o Vasco diminuiu sua empolgação com relação ao negócio. O atacante ainda espera que o Tianjin Quanjin decida se irá mantê-lo, e a demora na definição frustra os dirigentes cruzmaltinos. Embora haja esperança pelo avanço das conversas do clube chinês com Alexandre Pato, os cartolas cariocas não estão mais convencidos de que o ex-são-paulino terminará a novela em São Januário com um final feliz.

A situação já se arrasta há semanas. Luis Fabiano foi um dos destaques do Tianjin Quanjin na última temporada e tem mais um ano de contrato, mas não sabe se permanecerá no clube. Caso seja liberado para voltar ao Brasil, o atacante faz questão de receber o que lhe cabe em contrato, o que ajuda a explicar a demora na definição dos chineses.

Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images
Mesmo se Pato for para China, não é certo que Luis Fabiano será liberado

Treinado pelo ex-zagueiro italiano Fabio Cannavaro, o Tianjin investiu no belga Alex Witsel para o meio-campo e deseja um nome de peso também no ataque. Por isso, negocia com Alexandre Pato, que foi liberado pelo Villarreal e está em Catania, na Itália, onde os chineses fazem pré-temporada, para assinar a transferência.

A ida de Pato ao Tianjin pode ser um obstáculo para Luis Fabiano, já que o novo regulamento do Campeonato Chinês só permite que três estrangeiros estejam em campo ao mesmo tempo - cada time pode ter até cinco no elenco. Além de Pato, o Tianjin ainda teria Geuvânio, ex-Santos, e Witsel, o que deixaria um deles sempre fora das partidas.

Em um cenário natural, a ida de Pato seria a notícia que faltava para carimbar a saída de Luis Fabiano da equipe e liberar uma vaga de estrangeiro. No entanto, nem mesmo o Vasco vê esse desdobramento como algo fácil. Antes otimista, o clube de São Januário agora adota a cautela.

As quase duas semanas de espera pela sonhada rescisão diminuíram a empolgação dos cruzmaltinos. "Ele tem contrato, os chineses não são fáceis. Não conseguimos prever algo concreto", disse um dirigente da cúpula vascaina.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos