Rodriguinho "não está à venda", afirma diretor do Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Rodriguinho brilhou com a camisa do Corinthians na temporada 2016

    Rodriguinho brilhou com a camisa do Corinthians na temporada 2016

Se depender do Corinthians, Rodriguinho vai defender o clube na temporada 2017 mesmo com o interesse de times do exterior. A venda do meio-campista está descartada por Flávio Adauto, diretor de futebol alvinegro.

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, Adauto disse que o Corinthians recusou nesta sexta-feira a primeira proposta do Fenerbahçe-TUR porque Rodriguinho "não está à venda".

Na última quinta-feira, o time turco fez uma proposta pelo meio-campista, mas viu o Corinthians recusar a investida no dia seguinte. Inicialmente, o clube paulista, dono de 50% dos direitos econômicos do atleta, considerou as cifras do negócio baixa.

A tendência é que os turcos voltem a carga nos próximos dias. Com a postura corintiana, o meio-campista só deixaria o clube se o Fenerbahçe pagasse a multa rescisória do atleta, cujo valor é desconhecido - sabe-se, porém, que o clube elevou o valor quando renovou o contrato do atleta em março passado.

Rodriguinho, por sua vez, gostaria de defender um time europeu e acredita que terá uma rápida adaptação na Turquia depois de ouvir referência do volante Cristian, que defendeu o Fenerbahçe por cinco anos. 

O jogador negociava, antes da proposta, a renovação do contrato com o Corinthians. O vínculo se encerrará em dezembro. Dessa forma, Rodriguinho poderá assinar um pré-contrato com outra equipe a partir do meio do ano.

Prestes a completar 29 anos, o jogador vive o melhor momento da carreira. Na última quarta-feira, Rodriguinho defendeu a seleção brasileira contra a Colômbia depois de Tite convocar apenas atletas do futebol brasileiro.

Rodriguinho chegou ao Corinthians em setembro de 2013 e só ganhou espaço no time alvinegro depois de dois empréstimos (Grêmio e Al-Sharjah, dos Emirados Árabes). De volta do time alvinegro, o meia foi um importante reserva na campanha do título brasileiro.

Com as saídas de Renato Augusto e Jadson, Rodriguinho tornou-se uma das principais peças do meio-campo. No ano passado, ele entrou em campo 49 vezes e marcou dez gols pelo Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos