Pato faz exames médicos na Itália para fechar com time chinês

Adriano Wilkson

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/dongqiudi

    Pato faz exames médicos para assinar com Tianjin e vestiu camisa do clube

    Pato faz exames médicos para assinar com Tianjin e vestiu camisa do clube

O atacante Alexandre Pato, do Villarreal, foi a uma clínica em Roma para fazer exames médicos antes de assinar com o clube chinês Tianjin Quanjian. Uma imagem do brasileiro já com o uniforme do que pode ser sua próxima equipe foi publicada neste sábado pelo site chinês "dongqiudi.com".

O UOL Esporte confirmou com a clínica Villa Stuart a veracidade da foto. "Nesta manhã, ele veio à clínica fazer exames para o time chinês", disse o fisioterapeuta Valerio Venditti, funcionário da clínica, que é indicada pela FIfa. "Muitos times usam a Villa Stuart para controle médico de jogadores antes de assinar um contrato."

Na mesma manhã, o meio-campista francês Clement Grenier, do Lyon, também esteve no local para exames antes de assinar com a Roma.

O Tianjin Quanjian, equipe comandada por Fabio Cannavaro, faz sua pré-temporada na Itália. Pato, inclusive, foi um pedido do treinador italiano, que já havia tentado contratar o ex-jogador do Corinthians após sua rápida passagem pelo Chelsea. O reportagem apurou, porém, que Cannavaro ficou irritado com o vazamento da foto de Pato com a camisa do Tianjin Quanjian antes da negociação ser concretizada.

Segundo o site chinês, a transferência deve render aos cofres do Villarreal cerca de 18 milhões de euros (R$ 60,4 milhões).

Villarreal já não contava com Pato neste fim de semana

As notícias sobre Pato estar a caminho da Itália já vinham sendo publicadas ao longo da semana por jornais espanhóis, como o AS e o Marca, além da agência de notícias EFE.

Na sexta, Fran Escribá, técnico do Villarreal, confirmou que o brasileiro não jogaria pelo clube neste fim de semana por estar envolvido em uma negociação com o futebol chinês.

"Tenho que ver com o clube, mas a entrada dele vai ser complicada, porque parece que está perto de um acerto importante para que ele saia. E vamos respeitar a possibilidade. Se isso se confirmar nas próximas horas e for justo para o time e para o jogador, vejo como um bom negócio. Precisamos de gente 100% com a cabeça aqui", disse Escribá.

Caso a negociação se confirme, o atacante deve se juntar imediatamente aos trabalhos com Fabio Cannavaro.

O UOL Esporte também já havia entrevistado Gilmar Veloz, que confirmou a existência da proposta. Além disso, empresários que já trabalharam anteriormente com o Tianjin Quanjian no Brasil indicaram que o negócio deve acontecer porque agora Pato estaria disposto a se arriscar na Ásia.

No ano passado, o Tianjin chegou a fechar os valores da contratação com o Corinthians e até o salário que o jogador receberia, só que a vontade pessoal do brasileiro de retornar à Europa foi decisiva para que ele dissesse não ao acordo.

Em seus primeiros meses de Villarreal, Pato não faz uma má temporada. Titular na maioria das vezes, ele fez 23 partidas e anotou seis gols e duas assistências, segundo dados do site WhoScored. Ainda assim, o desejo de lucrar com o jogador e a existência de concorrentes do brasileiro na posição teriam pesado na avaliação do clube, que está interessado em negociá-lo.  

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos