Cianorte vence Coritiba; Atlético-PR empata e critica torcida adversária

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Coritiba

    Jogando fora de casa, o Coritiba tropeçou diante do Cianorte na estreia do Paranaense

    Jogando fora de casa, o Coritiba tropeçou diante do Cianorte na estreia do Paranaense

É bem verdade que a primeira fase do Campeonato Paranaense já havia começado no sábado com vitória do J. Malucelli sobre o Cascavel, mas o domingo levou a campo os principais clubes do estadual. O Coritiba não teve pela frente um adversário qualquer: em 2016, o Cianorte foi campeão invicto da Segunda Divisão do Paranaense, a divisão de acesso à elite do estado. O time de Carpegiani até teve chances de abrir o placar cedo, uma vez que teve mais de cinco escanteios nos primeiros 10 minutos da partida no Estádio Albino Turbay, mas foi derrotado por 1 a 0.

As chegadas pelo alto pareciam ser a única opção do Coxa, que tinha imensa dificuldade em se infiltrar e vencer o sistema defensivo do Cianorte. De quebra, ainda precisava ficar atento aos contra-ataques. E foi assim que Vinícius definiu a vitória do Cianorte aos 20 minutos do segundo tempo, aproveitando contragolpe para sair frente a frente com o goleiro Wilson.

O duelo ainda contou com homenagem no intervalo ao goleiro Danilo, falecido no acidente de avião que matou 71 pessoas na Colômbia em novembro do ano passado. Natural de Jussara, o atleta iniciou a carreira na cidade vizinha, no time do Cianorte, e buscava o título da Copa Sul-Americana com a Chapecoense.

Furacão sai na frente, mas cede empate ao Rio Branco

Atuando no Estradinha, em Paranaguá, o Atlético-PR cedeu o empate por 1 a 1 ao Rio Branco. O Furacão já era superior na troca de passes, mas o time da casa ainda facilitou o trabalho dos favoritos aos sete minutos do primeiro tempo, quando a zaga deixou Matheus Anjos livre para girar e emendar o chute para o fundo da rede. "Esse time não vem jogando junto, mas está sendo uma boa apresentação para o torcedor", disse o jogador na saída para o intervalo.

A partida ainda foi paralisada na etapa inicial em função das reclamações de Paulo Autuori, que foi atingido por bebidas jogadas pela torcida do Rio Branco. O treinador do Atlético contava com apenas cinco reservas ao seu lado no banco, uma vez que a equipe admite priorizar o primeiro confronto de pré-Libertadores contra o Millonarios, da Colômbia, a ser disputado já nesta quarta-feira. O zagueiro Darlan empatou o placar no primeiro minuto do segundo tempo ao aproveitar cobrança de escanteio de Juninho. O Furacão encerrou a partida com um a menos em função da expulsão do atacante Luis Henrique por agressão ao zagueiro Vinícius.

Fabio Wosniak/CAP

Outro que enfrentou os torcedores adversários foi o goleiro Weverton, que deixou o campo reclamando. "Ficaram me cuspindo. Aquela solidariedade é só da boca para fora. A gente acha que o torcedor poderia ter mudado, mas tem gente que não se importa com o profissional que está aqui. Não estamos brincando, tem que ter respeito", desabafou o goleiro convocado recentemente por Tite para a Seleção Brasileira. Símbolo da parceria de 20 anos com a fornecedora Umbro, o novo terceiro uniforme do Atlético fez sua estreia nesse domingo. Ainda nessa tarde, o Paraná goleou o Foz do Iguaçu por 5 a 0 com gols de Igor Cariús, Zezinho, Alex Santana, Rayan e Bruno Cantanhede.

Veja os resultados da primeira rodada do Campeonato Paranaense:

J. Malucelli 3 x 0 Cascavel
Cianorte 1 x 0 Coritiba
Rio Branco 1 x 1 Atlético-PR
Paraná 5 x 0 Foz do Iguaçu
PSTC 1 x 1 Toledo
Londrina 1 x 1 Prudentópolis

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos