Após transferência polêmica, Payet diz: "Não preciso justificar o que fiz"

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Claude Paris

Meio-campista da seleção francesa e protagonista da transferência mais polêmica do futebol europeu nesta janela, Dimitri Payet foi apresentado nesta segunda-feira (30) pelo Olympique de Marselha e, já em sua primeira entrevista, avisou: "Não tenho que justificar o que fiz, meu comportamento, a ninguém". 

Payet, na temporada passada, foi destaque do West Ham, clube no qual rapidamente se tornou ídolo. Em reviravolta surpreendente, fez força para deixar a equipe inglesa. Mais do que isso: disse que, se o obrigassem a ficar no time, seria capaz de romper os próprios ligamentos do joelho para não jogar. A torcida, é claro, pediu sua saída. 

"Se eu quis mudar, foi porque não me sentia muito bem no West Ham", disse na apresentação, antes de confirmar que houve discussão com seu ex-técnico, Slaven Bilic.

"Mas preciso saborear o fato de agora jogar pelo Olympique", prosseguiu o meia de 29 anos.  

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos