Barrios admite propostas, mas afirma que vai ficar para apagar imagem ruim

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

Lucas Barrios teve a chance de colocar o Palmeiras no passado. Porém, o paraguaio não se empolgou com as propostas que recebeu nesta janela de transferência e preferiu permanecer no Palestra.

Além da identificação com o clube, o jogador, de 32 anos, colocou na balança a oportunidade de apagar a imagem ruim que deixou na última temporada, quando disputou apenas 22 partidas e marcou quatro gols.

"Eu não quis sair. Muitos times do Brasil me procuraram. Fico muito agradecido pelos clubes que me ligaram, pelo momento que tive em 2015 no Palmeiras. A verdade é que estou muito feliz aqui no Brasil, gosto do país e eu me sinto bem. Mas há também algo pessoal que tenho, de não deixar a imagem que ficou de mim de 2016", afirmou o jogador, que não se adaptou ao sistema adotado pelo técnico anterior, Cuca.

"O treinador jogava em outro sistema (em 2016). Tinha momento também em que estava na seleção e depois quando eu voltava outro ocupava o meu lugar. É algo pessoal, quero ficar no Palmeiras para tratar de ajudar o time e demonstrar que vim para fazer gols", completou o paraguaio.

Apesar desta identificação com o Palmeiras, o atacante é alvo constante de críticas da torcida. Para o jogador, a explicação para tal comportamento pode estar em assuntos extra campo.

"Acho que o problema é o que falaram do meu salário. Coisas que são privadas, não sei quem fala de salário que nem eu estou inteirado. Tem de ver o que falam, porque a gente tem família, não só aqui, mas na Argentina também. É um pouco difícil falar dessas coisas. Em relação à torcida, é normal eles quererem olhar tudo que se escreve e fala. Pode ser por isso", completou Barrios.

Neste início de ano, o jogador teve a oportunidade de entrar em campo no amistoso contra a Ponte Preta, no domingo (29), e marcar o gol do empate, por 1 a 1. Agora, ele disputa uma posição com Willian para a estreia no Paulista, no domingo, contra o Botafogo.

"Sempre trabalhei para buscar a possibilidade de jogar, mas às vezes coisas não acontecem como você quer. Nunca desisti para ajudar o time. Agora estou melhor fisicamente porque fiz toda a pré-temporada", garantiu Barrios.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos