Renato Gaúcho diz que Walace pediu sua ajuda para deixar o Grêmio

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

No dia em que o Grêmio vendeu o volante Walace para o Hamburgo, da Alemanha, Renato Gaúcho comentou sobre a transferência. Em participação no "Bem, Amigos", do Sportv, o treinador gremista revelou que o jogador pediu sua ajuda para ser transferido.

"Fui para o Rio e no sábado tocou meu telefone e era o Walace. Ele disse que estava complicado, pediu para eu interceder: 'é meu sonho jogar na Europa, ter minha independência financeira, agradeço o clube, mas minha cabeça está lá fora'", contou.

"Quando você tem um depoimento desse, não tem como seguir como jogador. Vai querer aumento etc. Ter um jogador insatisfeito é a pior coisa do mundo. Falei para o Odorico (Roman, vice de futebol do Grêmio) que o pensamento do jogador era esse e no dia seguinte ele foi vendido", completou.

A negociação movimentou 10 milhões de euros. Do montante, o Grêmio tem direito a 60% e manteve 10% de uma negociação futura. A direção do clube gaúcho confirmou ainda no domingo a negociação.

Walace será imediatamente integrado ao grupo e dependerá de seu rendimento para fazer a estreia na Bundesliga. Enquanto isso, o Grêmio avalia investir em um jogador para reposição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos