Atriz, namorada de Kaká sofre 'preconceito por ser bonita' e vai para EUA

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

Carolina Dias está vivendo um momento novo em sua vida. A modelo e atriz ganhou os holofotes nos últimos meses por estar namorando o jogador Kaká e agora planeja se mudar para os Estados Unidos. Carol quer passar uma temporada no país para investir na carreira de modelo enquanto aguarda uma nova oportunidade para atuar.

Carol não quer deixar a carreira de atriz de lado e pretende conciliar as duas profissões. Ela se formou em artes cênicas no ano passado e gostaria de encenar uma peça ou um filme. Como atriz, ela fez participações em novelas da TV Globo e em Malhação. Mas já colecionou algumas decepções na profissão.

"Fiz participações em algumas novelas e em Malhação. Mas nunca gostei muito de novela. Por ser modelo, rola um preconceito. Eu vejo muito preconceito, vejo amigas minhas modelos terem dificuldade. Em Malhação, eu fiz um personagem e tive meio que dar em cima do Lucas Lucco. Então tem que ser 'a bonita', 'a gostosa', 'a que dá em cima', a gente fica rotulada. Isso é ruim. A beleza ajuda nos primeiros 15 min, fora isso tem que provar toda hora. Só ajuda muito na minha profissão de modelo. Não tenho intenção de fazer novela, se pintar algum filme me interesso mais, tenho muitos outros projetos pessoais".

Carol começou a ser modelo ainda no início da adolescência por incentivo da mãe e após ser descoberta em um shopping. Saiu de casa, em Goiânia, aos 15 anos para se mudar para a China e lá viveu diversas experiências. Hoje, aos 21 anos, ela ainda está em constante aprendizado, mas com sua experiência já dá dicas para as colegas que estão começando na profissão.

"Não é fácil o início. Eu vivi na China, a comida era o mais difícil. Não me adaptei com a alimentação, não sabia fazer nada nem um ovo, acabei comendo muito fast food. E a vida de modelo tem muitas facilidades, festas, drogas. Tem que ter uma cabeça muito boa para não ser influenciada, graças a Deus a minha família sempre foi demais, eu tive uma base muito boa e nunca fui por esse caminho", conta.

Agora, em 2017, Carol está bem focada na carreira de modelo e conta com o apoio da sua agência Allure. No ano passado, após se formar, ela passou quatro meses no México fazendo diversos trabalhos, especialmente com moda praia. Agora seus planos são ir para grandes centros como Nova Iorque e unir o útil ao agradável para trabalhar e ficar próxima do amado que joga no Orlando City.

"Quando fui para o México, fui para pegar experiência. Eu já tinha feito um directing book (quando uma modelo é contratada em outro país para um trabalho específico) nos Estados Unidos. Só que eu não tive a experiência de viver. Quando voltei do México, já estava planejando ir para lá. E o Kaká veio depois disso, mas lógico que agora as histórias vão se casar".

Carol e Kaká se conheceram por meio de amigos em comum no fim do ano passado. A primeira aparição pública juntos foi no casamento de Lucas Moura, em dezembro. Desde então, os dois têm feito declarações nas redes sociais e vêm arrancando suspiros dos fãs. O casal já tem até fãs clubes nas redes. Mas Carol diz que sua vida continua a mesma.

"Eu posso dizer que a minha vida não mudou muito, continuo trabalhando, continuo fazendo muitas coisas. O que tem mais são especulações, as pessoas perguntando. Mas ganhei um apoio grande dos fãs dele, isso foi muito legal, eles são muito carinhosos. E nós já temos alguns fãs clubes, elas são muito fofas. Eu converso bastante com elas, sempre respondo com carinho".

Apesar do namorado atleta, Carol não se considera tão ligada em atividades físicas. Mas tem um esporte que é sua paixão: o hipismo, que ela pratica desde criança. Ela já teve até o sonho de ser uma atleta olímpica, mas hoje os cavalos viraram hobby.

"O único esporte que eu gosto é o hipismo. Sou muito preguiçosa, detesto academia, só corro na rua de vez em quando. E gosto muito de comer. Eu competia, montei durante cinco anos, fui federada, campeã goiana, pratiquei muito na minha infância e adolescência. Meu sonho era ser atleta olímpica. Mas agora eu estava parada e voltei agora. Exige muita dedicação".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos